150.000 km, 157 países e muita vontade de pedalar o mundo

“Na minha época de estudante universitário, eu simplesmente não tinha vontade de fazer nada. Andava deprimido e, muitas vezes, caía aos prantos. Até que uma senhora se aproximou de mim e disse: ‘Você não deveria chorar sozinho, mas, sim, dividir com os outros’. Essas palavras me mudaram para sempre. Decidi conhecer mais pessoas ao redor do mundo, peguei o dinheiro que havia economizado trabalhando em construções e, logo depois de me formar, em 2007, comecei uma jornada para viajar o planeta de bicicleta. No fim do ano passado, eu já acumulava 150.000 km, percorrendo 157 países, em cinco continentes. Foram muitos desafios até aqui, incluindo 110 pneus furados, 24 correntes quebradas e um surto de malária. Mas também fiz novos amigos, formei ‘segundas famílias’ e quero agora inspirar outras pessoas. Afinal, sonhar é libertário e não custa nada.”
— RYOHEI OGUCHI, 36 ⁄ escritor e palestrante ⁄ Okaya, Japão

COMPARTILHAR