3 coisas que você pode fazer para levar a bike para seu trabalho

Veja as dicas que esses veteranos no deslocamento urbano de bike que conseguiram virar o jogo em condições bem longe das ideias e abrir as portas para bike nos seus empregos.

Por Emilie Bahr

Mesmo que você não seja do departamento de Recursos Humanos da empresa ou trabalhe na secretaria de mobilidade urbana da sua cidade, tem várias coisas que você pode fazer para tornar a empresa onde você trabalha mais bike-friendly.

1 – Não tenha vergonha de ser o primeiro

Quando Mika Torkkola começou num emprego novo em uma empresa de iluminação com luzes LED, ele ia de carro para o trabalho, principalmente porque estava com medo de chegar todo suado no trabalho e chamar a atenção dos chefes de forma negativa. Quando ele sondou se poderia deixar a bike estacionada na empresa, o chefe foi bem direto: “ele disse que não dava a mínima para como eu ia para o trabalho, desde que eu chegasse no horário”. Foi ele começar que mais gente seguiu seu exemplo. “Agora tem pelo menos mais dois que vem trabalhar de bike, vários que usam a bicicleta para lazer, e funcionários que, mesmo que não pedalem, agora dirigem com mais cuidado porque têm vários amigos ciclistas”, diz.

2 – Seja o bike anjo de alguém

Richard Drury/Getty Images

Ao aceitar um emprego no Departamento de Saúde de Nova Orleans, Meg Young ficou surpresa ao perceber que quase ninguém ia para o trabalho de bike. Quando ela mandou um email para a equipe sobre um evento que ocorreria na cidade toda com ciclistas urbanos, ela descobriu que “muitos funcionários estavam interessados, mas não sabiam bem por onde começar”. Ela ajudou três colegas a escolherem suas bicicletas novas, e hoje o bicicletário da empresa é super concorrido. Conforme o papo sobre bicicletas invadiu a rádio-peão, ela percebeu que a maneira de perceber a bicicleta foi mudando na empresa. Uma mulher que chegou a dizer que nunca andaria de bike comentou com Meg que ficou com vontade de alugar uma num parque para experimentar, e ela virou a bike-anjo oficial da empresa sempre que alguém quer começar a pedalar ou precisa de uma dica.

3 – Traga soluções

zodebala/Getty Images

Sarah Weeks e Rob Healy pedalavam para o trabalho no porto de Tacoma, em Washington, apesar de ficarem sempre frustrados com o estacionamento para bicicletas, que Sarah descreve como “um cano de plástico que nem fixado no chão estava”. Quando eles comentaram com funcionários da administração do porto sobre um programa municipal que oferecia paraciclos de graça para qualquer empresa que solicitasse, a primeira reação foi medo de incentivar mais pessoas a usarem a bike no meio do trânsito, competindo por espaço com caminhões e motoristas. No fim, a dupla acabou convencendo a gerência que existiam rotas bastante seguras para ir de bike ao porto, e hoje tem dois paraciclos seguros à disposição de quem precisa.