5 motivos porque pedalar no sol é mais cansativo

Sua dose diária de vitamina D também pode deixar você exausto. Descubra porque você se sente tão cansado e como se reenergizar depois de tomar sol demais

Shutterstock

Por Cassie Shortsleeve, para a Men’s Health

Um pouco de sol só faz bem: é fundamental na fixação da vitamina D, que afeta nosso humor, e de cara, deixa qualquer atividade outdoor mais convidativa e estimulante. Mas tem também seus problemas: pode causar queimaduras solares, e aquela sensação de esgotamento e de sono intensos.

Todos nós sabemos o que causa as queimaduras de sol. Mas o que faz com que a exposição intensa ao sol nos deixe tão cansados?

Muita exposição solar faz você querer desabar no sofá por vários motivos. Algumas são biológicas, outras são mais controláveis. Entenda o que acontece e como recuperar a energia depois de um dia no sol.

Desidratação

Getty Images

Quando seu corpo está aquecido – se está pedalando com o sol nas costas, por exemplo – você sua mais e perde mais água e eletrólitos do que geralmente perderia, explica Sogol Javaheri, médico de medicina do sono em no Hospital da Mulher em Boston.

A desidratação pode ser extremamente cansativa. Isso acontece porque ela engrossa o sangue, o que significa que o coração tem que trabalhar mais para levar o sangue até o cérebro. Então, beba regularmente. Apenas evite bebidas ricas em cafeína ou alcoólicas, uma vez que elas são diuréticas e pioram a desidratação.

Mas repor a água não é suficiente. Você pode precisar beliscar alguma coisa salgada, como pickles ou alguns goles de bebida esportiva, para repor o sódio que você está perdendo, já que é ele que regula o equilíbrio dos fluidos do corpo.

Como saber se você está bebendo o suficiente? Não existe uma recomendação universal, então um indício útil é a cor da urina. Ele deve ser amarela clara.

Excesso de atividade

Getty Images

Não é só suor que contribui para a fadiga relacionada à exposição solar. O calor do sul expõe você a um aumento da temperatura interna do corpo, diz a dermatologista Melissa Levin, do centro médico Marmur Medical.

“Seu corpo está sempre em trabalhando, esteja frio ou calor, para manter a temperatura corporal em 37ºC. Quanto mais alta a temperatura externa, mais seu corpo precisa trabalhar para manter sua temperatura estável”, diz Dr. Javaheri. “Isso é extenuante, gasta uma quantidade enorme de energia e aumenta seu metabolismo.”

Sua tarefa é tentar manter seu corpo o mais fresco possível: algo bem difícil nos dias mais quentes de verão. “Lembre-se que a radiação ultravioleta é mais forte das 10h da manhã às 3h da tarde”, diz Levin. Minimize a atividade outdoor nesse período. Se só tiver esse horário para treinar, procure caminhos mais sombreados, que podem aliviar a sensação de exaustão e o superaquecimento.

Insolação

Getty Images

Você pisou na bola: esqueceu de passar protetor solar, e agora está com a pele toda vermelha e ardendo. Além da dor e do incômodo, a queimadura de sol é cansativa também, porque a queimadura em si eleva a temperatura corporal e causa desidratação também. Um dos grandes sintomas é fadiga.

O melhor a fazer aqui é prevenir: se você não usa protetor solar porque acha melequento ou porque não tem paciência para passar, procure os em gel ou spray. Se você já está todo queimado e vermelho, beba mais água do que o normal, já que isso pode ajudar a hidratar você de dentro para fora. Produtos para hidratar a pele e aliviar a queimadura ajudam bastante também.

Atividade cansa

Getty Images

Quando estamos de férias ou só curtindo o sol, é fácil exagerar sem perceber: o tempo voa pedalando por horas, ou passando a tarde num stand-up paddle. Quando estamos ativos, o corpo libera um composto chamado adenosina, que nos deixa cansados, explica Christopher Winter, especialista em sono da Men’s Health. “Um contador nunca vai sentir tanto sono quando um atleta de elite.”

Junte a atividade em si com os outros efeitos da exposição solar, e não é a toa que você vai sentir aquela vontade de cochilar. Então, se você precisa estar alerta e ativo o dia todo, pode tentar trocar o pedal de logo cedo por um treino noturno.

A natureza é cansativa

Getty Images

Só de ficar no sol o dia todo, e exposto ao vento e às condições naturais, já é mais cansativo do que ficar em casa. É por isso que ao acampar a gente acaba pronto para ir para cama às 20h, diz Winter.

“A exposição a luz suprime a liberação da melatonina, o hormônio do sono. Quando o sol se põe, o corpo começa a produzi-la e isso induz a sonolência”, explica. O efeito é mais visível e pronunciado quando você está ao ar livre em vez da luz artificial do escritório.  

Não dá para brigar com a natureza. Seu corpo vai pedir cama um pouco antes do normal se você passou o dia no sol. Mas se você precisa esticar de noite, mantenha as luzes acesas e procure agitação. Ir pra um restaurante escurinho é pedir para dormir sobre a comida.