Homem de 60 anos quer completar 60 Ironmans em um ano

A missão de Will Turner, que é um atleta experiente, é inspirar mais pessoas ao longo de sua jornada

Will Turner: Feliz da vida em seus 60 anos

Na última semana, ele terminou sua 43ª prova triathlon Ironman.

No dia 7 de janeiro de 2018 Will completou 60 anos de idade e, ao invés de pensar em se aposentar, ele decidiu ir além através de um projeto chamado de Sixty@60, algo como “60 aos 60”, cuja missão é completar 60 Ironmans em um ano.

Para quem não conhece o triathlon Ironman, deve saber que é uma das provas mais desejadas por atletas que treinam em busca de um grande objetivo — amadores e profissionais. São 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida (sim, uma maratona depois de ter nadado e pedalado muito). Não à toa que muitas pessoas que completam um único desafio Ironman na vida já se sentem no direito de tatuar o logo dessa prova em algum lugar no corpo. É realmente um  desafio inesquecível.

Will Turner está prestes a completar 60 provas dessas. Ele adora colocar seu corpo no limite, e além disso seu feito será digno de um registro de recorde mundial no Guinness World Record – o atual recorde mundial são 44 provas de Ironman em um único ano, um feito que pertence ao francês Ludovic Chorgnon.

60 Ironmans: só com currículo de atleta

60 Ironmans
Will Turner em um desafio de corrida (Foto: Chris DeStefano)

Will já completou várias maratonas, além de 20 Ironmans (nas distâncias completas, mencionadas) e outras provas de triathlon de longa distância. Mas, segundo o próprio, ele está sempre em busca de novos desafios para testar seus limites — e,claro, ir pouco além. Como parte do treinamento para o desafio em que está envolvido no momento, em 2016 ele encarou 20 Ironmans, para ver como o seu corpo responderia — mas ainda assim, eram 40 a menos dos que os 60 Ironmans que ele pretende concluir.

Seus cuidados são fundamentais para a manutenção de uma boa forma: entre as provas, Will faz alongamentos leves, além de se manter bem hidratado, evitar açúcar e comidas processadas, e comer um monte de alimentos anti-inflamatórios.

Leia também: Pizza para ciclistas

Em suas provas, durante o percurso, Will Turner é acompanhado pelo amigo e “equipe de apoio” Chris DeStefano, que pedala ou dirige acompanhando o atleta sexagenário de perto, tirando fotos e ajudando a repor sua alimentação e hidratação.

A missão de Will é inspirar as pessoas a atingirem seus objetivos. “Quero fazer com que todos se desbloqueiem para ir além”, diz. Apesar de tudo, para ele a jornada para se chegar lá continua sendo mais importante do que completar seus 60 Ironmans.