8 motivos para acreditar que ciclismo é melhor que crossfit

Crossfit é um treino incrível, mas a seguir você descobrirá por que um ciclista nunca vai trocar sua bike pelo box

A autora deste texto, Selene, mostrando que pelo menos ficou fácil carregar a bike agora (Foto: Tom Burrows)
Por Selene Yeager

Eu já declarei publicamente meu amor pelo crossfit como uma maneira de deixar meu corpo forte para a vida inteira – em cima e fora da bike. O crossfit te deixa forte, atlético, definido e, o mais importante, constrói músculos que podem escapar com o tempo. Eu não vou passar por outro período de entressafra sem ele, e vou mantê-lo na ativa para a manutenção de força física. Mas o fato é que ciclismo é melhor que crossfit!

Dito isto, eu não vou trocar as minhas rodas pelos WODs (workouts of the day) porque, embora o crossfit tenha provado ser o complemento perfeito para minha vida na bike, o ciclismo ainda domina o meu mundo. Aqui estão oito razões pelas quais.

  1. Escovar os dentes sem sentir dores

Como um dos meus amigos do crossfit e do ciclismo mandou uma mensagem após um dia particularmente difícil: “Meus braços gostariam de se separar do meu corpo.” O ciclismo é desafiador à sua maneira, mas eu não me esforço para realizar tarefas diárias depois de um dia na bike.

  1. Eu posso simplesmente curtir

Nós, ciclistas, poderíamos preencher um livro com termos poéticos para “passeio fácil”: tranquilo, giro, rolê de boa, ritmo piano, rolagem social. Eu só tenho uma palavra para definir um dia fácil no crossfit: morto.

Leia também: Os alimentos mais estranhos que os ciclistas adoram

  1. Você não precisa aprender outro idioma…

Ok, talvez você tenha pensado que tinha que aprender uma língua estrangeira quando tentava entender a linguagem do ciclismo. Você pode geralmente acenar com a cabeça e fingir quando alguém diz: “Vamos sprintar para treinar no limiar.” Mas quando seu WOD é um AMRAP de 10 minutos com 100 DU, 50 bolas de parede, 30 fragmentos de DB, 10 clusters, terminando com 3 de 10 T2B, você se pergunta, “Mas que por** é que eles estão falando ?!”

  1. … Nem matemática avançada para esse assunto

Claro, ciclistas têm intervalos. Mas mesmo se você estiver fazendo oito séries de aquecimento, você pode definir sessões de quatro minutos, e está tudo certo. Quando você tem um EMOM de 30 minutos com 12-ski erg, 12 T2B, 15 KB SDLHB 35, 15 KB Russo oscila 35, 30 segundos, você repentinamente sente que não prestou muita atenção nas aulas de álgebra.

  1. Simplesmente soa melhor

O ciclismo é uma sinfonia auditiva de engrenagens, de cliques, de pneus e rodas zumbindo contra o vento. Já o crossfit soa mais como uma implosão de construção graças a pessoas muito fortes que soltam pesos muito pesados ​​de lugares muito altos. Levei algumas semanas para não tomar susto cada vez que ouvia uma batida dessas.

  1. Flores

E tem ar fresco, árvores, vistas…

  1. Você pode zerar

Você deve entrar em uma zona mental muito específica para o crossfit, que exige que cada gota do seu ser faça o trabalho. Mas você não pode realmente se isolar como pedalando em uma rua tranquila, a quilômetros do nada com nada além do sol e do vento em seu rosto.

  1. Na bike você é “ô cara”

Claro, o crossfit faz com que eu me sinta muito forte, mas há momentos em que eu me sinto assim em minha bike – quando estou forte, leve e poderosa, tudo embrulhado em um borrão voador de velocidade. Esses são momentos gloriosos que eu nunca vou sentir totalmente em um box do crossfit. Não que não pareça muito legal suportar 68% do seu peso em exercícios de 20 repetições, mas o que quer que você esteja fazendo, provavelmente parecerá brincadeira em comparação com os movimentos da pessoa ao seu lado, fazendo flexões de braço e mergulhos. É bom ser humilhada às vezes, mas para mim, essa “torta de humildade” tem um sabor melhor como combustível para uma viagem agradável de 160 km.