90 anos, recordista de ciclismo de pista e… Dopado?

Ciclista norte-americano é testado positivo após provável contaminação por carne

Carl Grove, com a jersey dos EUA e a medalha de campeão (Foto: via Twitter)

A Agência Antidoping Norte-Americana (USADA) anunciou que Carl Grove, de 90 anos, testou positivo para a trembolona (um esteroide anabolizante potentíssimo e que é proibido em competições esportivas) depois de participar de um evento em julho de 2018.

Na ocasião, Carl tinha estabelecido um recorde mundial no campeonato nacional de ciclismo de pista, o Master Track National Championships.

Também foi confirmado que Carl anteriormente fez uso de clomifeno, um medicamento utilizado para tratar problemas de fertilidade.

Leia também: Ele queria testar os efeitos do doping, mas foi indicado ao Oscar

Carl venceu a “perseguição individual” na categoria 90-94 anos, estabelecendo um novo recorde mundial: 03:06:129, sendo o único competidor nessa faixa etária.

Durante as investigações, Carl providenciou informações que justificavam a presença do anabolizante em uma carne que ele consumiu na noite anterior à competição. Ele testou negativo até o dia 10 de julho, o dia anterior à competição – você se lembrou de Alberto Contador? Quanto ao clomifeno, ele foi encontrado em um suplemento do qual Carl faz uso.

Como a amostra positiva foi coletada no dia do evento, o ciclista de 90 anos teve seus resultados e marcas anulados.