Aos 51 anos, brasileira Daniela Genovesi é bicampeã da Race Across America, nos EUA

A ciclista de ultra distância também bateu o recorde de velocidade média nesta prova de quase 5 mil km 

Dani Genovesi durante a RAAM 2019

No último sábado, 22 de junho, a ciclista brasileira Daniela Genovesi, nome conhecido em provas de ciclismo de longa distância, conquistou um título heroico ao vencer a Race Across America (RAAM), nos Estados Unidos.

Na verdade, é a segunda vez que ela consegue esta façanha – a primeira foi em 2009, exatamente há 10 anos. Desta vez, Dani levou 10 dias, 17 horas e 59 minutos para cruzar os Estados Unidos de oeste a leste de modo praticamente ininterrupto.

View this post on Instagram

Depois de 5000km, 11 dias e 17 horas de prova, alcançamos o objetivo, o mesmo depois de 10 anos. A mesma conquista com o gosto do suor e da vitória. . Diante de muita determinação, força de vontade, uma equipe brilhante, estudos e estratégias, cuidado e muita história vivida e a viver. . Uma prova dessas nunca é fácil. É um desafio para quem pedala para quem acompanha. . O resultado esperado e a sensação de dever cumprido tomam conta. E como disse na largada que nos encontraríamos em Anápolis, aqui estamos! 💪🏼 . #danigenovesi #raceacrossamerica #daniraam2019 #girusbike #equipedanigenovesi #bicampeãraceacrossamerica #367 …………………………………………………………………………………… Apoiadores: @clinimex_medicinadoexercicio @eucaliptobikepark @girusbike @infoview @spartacool_oficial @v.c._fotografia @3cariocas.cc Equipe: @cricofonseca @drjoaofelipefranca @gigi_paiva @juliagenovesi @metatreinamento @mlacerda81 @robertafonseca79 @v.c._fotografia Agradecimentos: @alliance_riodejaneiro @bauerfeindbrasil @bioginastica_official @drchristianocinelli @dr.oswinopenna @ibs_bikes @tbmakers_prod

A post shared by Dani Genovesi 🥇🥇🥇 (@danigenovesi) on

Nesta edição de 2019, a prova largou em Oceanside, na Califórnia, com chegada em Annapolis, Maryland, em um total de quase 5 mil km.

Aos 51 anos de idade, esta ciclista carioca travou uma batalha com a canadense Leah Goldstein (que terminou menos de duas horas depois de Dani), sua rival na categorial 50-59 anos, e com a suíça Isa Pulver, que apesar de competir na categoria “Abaixo de 50 anos”, era uma adversária no geral feminino.

Em sua página no Instagram, Daniela Genovesi escreveu que “a conquista tem o mesmo gosto de suor e vitória [de 10 anos atrás], além de ressaltar o trabalho de sua equipe de apoio e das estratégias traçadas.

View this post on Instagram

Depois de 5000km, 11 dias e 17 horas de prova, alcançamos o objetivo, o mesmo depois de 10 anos. A mesma conquista com o gosto do suor e da vitória. . Diante de muita determinação, força de vontade, uma equipe brilhante, estudos e estratégias, cuidado e muita história vivida e a viver. . Uma prova dessas nunca é fácil. É um desafio para quem pedala para quem acompanha. . O resultado esperado e a sensação de dever cumprido tomam conta. E como disse na largada que nos encontraríamos em Anápolis, aqui estamos! 💪🏼 . #danigenovesi #raceacrossamerica #daniraam2019 #girusbike #equipedanigenovesi #bicampeãraceacrossamerica #367 …………………………………………………………………………………… Apoiadores: @clinimex_medicinadoexercicio @eucaliptobikepark @girusbike @infoview @spartacool_oficial @v.c._fotografia @3cariocas.cc Equipe: @cricofonseca @drjoaofelipefranca @gigi_paiva @juliagenovesi @metatreinamento @mlacerda81 @robertafonseca79 @v.c._fotografia Agradecimentos: @alliance_riodejaneiro @bauerfeindbrasil @bioginastica_official @drchristianocinelli @dr.oswinopenna @ibs_bikes @tbmakers_prod

A post shared by Dani Genovesi 🥇🥇🥇 (@danigenovesi) on

Além de quebrar a sua marca anterior, que era de 11 dias, Daniela Genovesi bateu o recorde de velocidade média entre as mulheres: 19,1 km/h!

O que impressiona é que, além de bater todas as mulheres das categorias com idade inferior à dela, Dani ficou no 5º lugar na geral (entre homens e mulheres que competiram nas categorias solo). Um feito realmente impressionante.

Christoph Strasser, hexacampeão e recordista de títulos da RAAM

Entre os homens, o austríaco Christoph Strasser foi campeão da RAAM na categoria solo pela sexta vez – e pelo terceiro ano consecutivo. Desta vez, Strasser pedalou dos extremos oeste e leste dos Estados Unidos em 8 dias, 6 horas e 16 minutos.

Com seu sexto título, ele agora superou o pentacampeão e outro lendário ciclista da RAAM, o esloveno Jure Robič (1965-2010).

Leia também:

>> RAAM 8 dias de pedal para 8 horas de sono

>> 7 coisas que acontecem no seu corpo durante a RAAM

O brasileiro Marcelo Soares, o “Mixirica”, ficou em sétimo — também na solo entre os homens.