Aos 58 anos, Bernardinho completa difícil prova de ciclismo

O ex-técnico da seleção brasileira de vôlei mostrou boa forma no Gran Fondo NY Brasil

Bernardinho encarando o GFNY Brasil 2018 (Foto: Facebook GFNY Brasil)

Neste fim de semana, o estado do Rio de Janeiro sediou a segunda edição do Gran Fondo New York Brasil. O mineiro Leonardo Aguiar sagrou-se campeão. Mas o que chamou mais a atenção foi o desempenho de Bernardo Rocha de Rezende, mais conhecido como Bernardinho, o vitorioso ex-jogador e lendário treinador do voleibol brasileiro.

Bernardinho, que completa 59 anos no dia 25 de agosto, encarou e superou os 160 km de percurso, que teve mais de 2.800 metros de altimetria acumulada. A prova aconteceu pela Serra da Beleza, no distrito fluminense de Conservatória, sob frio e neblina.

Leia também: O Gran Fondo chega ao Brasil

Bernardinho, transformando suor em vitórias

Não é primeira vez que Bernardinho encara o Gran Fondo. Mas ele mesmo afirmou que neste ano estava mais preparado. “Treinei mais, tanto que cheguei a fazer um triathlon olímpico antes”, disse ao portal G1. Continuou: “Foi um sofrimento dentro do normal, não tive câimbra e nem parei para nada.”

O mestre do vôlei, que também é autor do livro Transformando Suor em Ouro, achou incrível a sensação de concluir esses 160 km de pedal.

Nalbert, outro nome famoso do vôlei, também participou da prova, e não poupou elogios ao ex-técnico de seleção brasileira. “Agora eu entendo por que ele acorda às 4 da manhã para treinar. É só admiração…”

O Gran Fondo NY Brasil 2018

O mineito Leonardo Aguiar foi o vencedor do Gran Fondo Brasil 2018, com o tempo de 4h20min19, tornando-se o novo recordista da prova. Anderson Zomer foi o segundo e Natan Mahler foi o terceiro. Entre as mulheres, Victória Martins Reimali cruzou a linha de chegada em primeiro, com o tempo de 4h49min06, seguida por Maria Camila Gianella e Daniela Genovesi.