Calor na Austrália obriga organizadores de prova de ciclismo a encurtarem percurso

Segunda etapa do Tour Down Under terá 30 km a menos

Tour Down Under de 2014, também rolando sob sol escaldante

Estaria o aquecimento global começando a influenciar diretamente os esportes? O fato é que o Tour Down Under, uma competição de ciclismo por etapas que acontece na Austrália nesta semana, teve uma de suas etapas encurtadas devido à previsão do tempo: para esta quarta-feira (16 de janeiro), Adelaide e entorno (no sudeste do país), devem ter temperaturas em torno dos 40º C. É realmente muito calor para pedalar no asfalto.

Uma reunião entre os organizadores da prova, representantes de equipe e ciclistas decidiu então cortar 30 km da etapa entre Norwood e Angaston, próximo à Adelaide, que agora será um percurso plano de 122 km de extensão.

Leia também: 5 dicas para pedalar no verão

Tour Down Under: calor e mudanças

Por ocorrer no alto verão (no hemisfério sul), sob fortes ondas de calor, o Tour Down Under está acostumado com mudanças de planos. No ano passado, por exemplo, duas etapas foram afetadas – uma também teve sua distância reduzida, enquanto outra aconteceu mais cedo.

“A segurança e o bem estar dos ciclistas, espectadores e de todas as pessoas envolvidas com a prova são as nossas maiores preocupações”, disse o diretor de prova Mike Turtur, pensando no calor, em nota.

O Tour Down Under começa nesta terça-feira (15 de janeiro) e termina no sábado (19 de janeiro). A cada ano, esta competição fica mais conhecida, pois abre as Grandes Voltas e, assim, desperta o interesse nos principais ciclistas.

Em 2018, o campeão foi sul-africano Daryl Impey.