Chris Froome sofre acidente grave e está fora do Tour de France

O britânico tetracampeão do Tour de France fraturou o fêmur, o cotovelo e várias costelas

Froome dá entrevista durante a 71ª edição do Criterium du Dauphine, neste ano, um dia antes de se acidentar (Foto: Tim de Waele/ Getty Images)

Não vai ser neste ano que o ciclista britânico Chris Froome lutará pelo pentacampeonato do Tour de France. Nesta quarta-feira, Froome sofreu um grave acidente enquanto fazia o reconhecimento de uma etapa contrarrelógio no Criterium du Dauphine – prova da qual participava, na França –, fraturando vários ossos, inclusive o fêmur.

O Criterium du Dauphine é a prova que antecede o Tour de France, um “aquecimento” para a maior competição de ciclismo do mundo, e certamente Froome tentava chegar ao Tour em sua melhor forma para conquistar o pentacampeonato e se juntar a Jacques Anquetil, Eddy Merckx, Bernard Hinault e Miguel Indurain no topo do ciclismo de estrada mundial.

>> Chris Froome é vaiado durante a apresentação do Tour de France 2018

Segundo informações de sua equipe INEOS, Froome fraturou o fêmur, o cotovelo direito e várias costelas. E, além de estar fora do Tour de France 2019, é provável que ele só volte a pedalar para valer novamente em 2020.

De acordo com a CNN, o ciclista tetracampeão do Tour de France (2013, 2015, 2016 e 2017) inicialmente foi avaliado no Hospital Roanne, antes de ser levado de helicóptero para o Hospital St. Etienne. E, ainda segundo o mesmo site, ele já passou por uma cirurgia bem-sucedida, mas permanece em tratamento intensivo.

“Foi um acidente sério”, disse o diretor-geral do Team Ineos, Dave Brailsford.

Lamentações e manifestações de apoio já pipocam por toda parte. “Obviamente que o Tour de France não será o mesmo sem Froome”, disse o diretor do Tour, Christian Prudhomme.

E seu parceiro de equipe, o britânico Geraint Thomas, campeão do Tour de France 2018, desejou pelo Instagram uma rápida recuperação de Froome.