Como treinar subidas se você mora numa cidade plana

A prática leva à perfeição. Mas como ficar bom se não tem subida onde você mora?

Qual fazer um rolezinho na rampa para treinar subida?

Se você mora em cidades mais planas, como Santos, Curitiba ou Brasília, pode ser complicado colocar treinos de subida na rotina. O ciclista Eric Barton, que mora na Flórida, nos Estados Unidos, tem uma ótima dica para você que também é das planícies e planaltos.

“Meus amigos e eu fazemos sempre o Tour da Rampa. Vamos para o centro de Fort Lauderdale bem cedinho, nos fins de semana, antes de começar o trânsito”, conta Eric. Eles escolhem uma rampa de garagem – como as de grandes shoppings – ligam o som e fazem um treino de subida caprichado, de sete andares, pedalando de pé.

“Lá do alto, chegamos bem na hora para pegar o sol nascendo com um laranja magnífico.
Descemos na fúria”, diz o ciclista, que aproveita para fazer treinos de curva nas descidas. “Uma dúzia de garagens depois, nosso Strava está todo encaracolado, o batimento cardíaco parece uma cadeia de montanhas de tantos picos”. A altimetria bate 2.000 metros acumulados em 20km.

“Às vezes acontece dos seguranças expulsarem nosso grupo de tiozões, e para evitar isso às vezes revezamos em turnos. Mas é o tipo de pedal no qual você dá risada e se diverte, faz uma selfie lá no alto — mais um prédio conquistado.”

Só não vale causar acidente nem arrumar encrenca com seguranças!

Como transformar uma rampa em treino
“São intervalos clássicos, de alta intensidade. Ache rampas que levam de 2 a 5 minutos para subir, e suba pedalando em pé se precisar. Repita de 10 a 12 vezes” — Selene Yeager, a “Fit Chick” da Bicycling

COMPARTILHAR