Ela comemorou vitória antes da hora e… adivinha! Vídeo

Seria a primeira vitória da australiana Lucy Kennedy no Giro Rosa

vitória
(Foto: Luc Claessen/ Getty Images)

A ciclista australiana Lucy Kennedy pensou que finalmente teria uma vitória “nível internacional” no currículo quando comemorou antes da hora e foi ultrapassada nos últimos metros.

Era a 3ª etapa do Giro Rosa, que aconteceu no domingo. E tudo indicava que Lucy, ciclista da equipe Mitchelton-Scott, que tinha atacado nos últimos 2 km, venceria a etapa.

Seria a vitória mais importante de sua carreira, visto que o Giro Rosa é uma das competições femininas de maior prestígio internacional.

Prevendo que ninguém mais a alcançaria àquela altura, Lucy ergueu o braço em comemoração a poucos metros da linha de chegada.

Uma atitude que custou caro: a tricampeã mundial Marianne Vos (CCC-Liv) aproveitou a deixa e ultrapassou a australiana, que pareceu não acreditar no que tinha acontecido.

View this post on Instagram

Heartbreak At The Giro Rosa! 🙈💔

A post shared by GCN – Global Cycling Network (@globalcyclingnetwork) on

“A lição aprendida é: pedale além da linha de chegada e não comemore cedo”, tuitou a ciclista logo em seguida.

>> Brasileira Dani Genovesi é bicampeã da Race Across America

Aos 30 anos, Lucy já foi triatleta, ciclista de pista e mountain biker. E na estrada tem resultados importantes em disputas de contrarrelógio e etapas de montanha.

No pódio, Marianne Vos parabenizou a colega por sua atuação naquele dia, mas deu um conselho a ela. “Não faça isso de novo”.