Escolha sua sapatilha de ciclismo – femininas

Calçados de ciclismo têm a nobre missão de levar todo seu suado esforço para os pedais. Para ajudar na escolha, vasculhamos o que há de melhor disponível para seus pés - e seu bolso

Por Bruno Romano

Giro Riela, R$ 600 – Feminina

> IDEAL PARA: CICLISTAS INICIANTES E INTERMEDIÁRIAS QUE BUSCAM EFICIÊNCIA E BOM CUSTO-BENEFíCIO
Conseguir juntar estilo, boa performance e baixo preço em um mesmo modelo é sempre um desafio. Mas a Giro foi fundo na proposta com a Riela, uma sapatilha feminina de eficiente resposta às ações, graças à sua rígida sola (borracha injetada e nylon), aliada a um conjunto de ótimo suporte. A qualidade do couro sintético de fábrica colabora com a missão. E a opção por três tiras de fácil ajuste facilita quem está começando. Uma entressola em EVA e uma palmilha com tratamento Aegis antimicrobiano completam o modelo, com um peso bastante admirável para o conjunto. | 290 gramas
GiroPearl Izumi W X-Alp Seek V, R$ 400 – Feminina

IDEAL PARA: MULHERES QUE PEDALAM MOUNTAIN BIKE COM FREQUÊNCIA.
A quinta versão deste modelo de sapatilha da Pearl Izumi é extremamente funcional. Pensada para as mulheres, a X-Alp Seek V é superprática e tem ótima relação de baixo peso e alta estabilidade. O visual também atrai quem não curte o estilão clássico das sapatilhas. Mas seus pontos fortes ultrapassam a imagem: há conforto na parte superior (mesh bem espalhado nas laterais) e inferior (palmilha em EVA e solado emborrachado). Pedida confiável e com bom custo para um uso mais frequente. | 315 gramas
Pearl Izumi

 

Fizik R5B Donna, R$ 800 – feminina

IDEAL PARA: GARANTIR PERFORMANCE A UM PREÇO JUSTO. A R5B Donna é daquelas sapatilhas que dá pena de arranhar. Desenvolvida especialmente para mulheres, é rica em detalhes que abraçam uma variedade extensa de ciclistas, das iniciantes em busca de algo confiável e confortável a amantes do esporte com mais rodagem, que não abrem mão de um modelo versátil e durável. Sua construção é em fibra microtex com perfurações a laser, sustentada por uma sola em carbono com reforços em nylon. O velcro único e o sistema BOA de amarração evitam pontos de pressão. O conjunto é leve, e se nota a qualidade dos materiais. Ótimo custo-benefício. | 250 gramas
Fizik

Specialized S-Works SUB6, R$ 2.000

IDEAL PARA: QUEM QUER LEVEZA E DESEMPENHO EM ESTILO MINIMALISTA. A Specialized colocou bastante atenção em ajustes finos para dar à luz a S-Works SUB6, um dos grandes xodós da marca norte-americana para o público feminino. Isso incluiu, por exemplo, afinar ainda mais seu encaixe nas regiões do calcanhar e tornozelo, em comparação aos modelos anteriores. Ainda assim, a mudança mais visível é a opção pelo charmoso sistema de cadarço, em um conjunto extremamente leve. Ela é vendida com uma capa protetora para a amarração, chamada Warp Sleeve, testada em túnel de vento para garantir uma melhor aerodinâmica. Some a isso uma transferência de força bastante eficiente para chegar a este modelo ágil e compacto, perfeito para competir. | 215 gramas
Specialized

Veja também:
7 passos para começar a andar clipado
– Escolha sua sapatilha de ciclismo – masculinas

COMPARTILHAR