Governo português vai patrocinar a compra de bicicletas elétricas

O valor ainda depende da decisão de Ministério do Ambiente e da Transição Energética

Bicicleta elétrica: Solução para o congestionamento nas cidades (Foto de Hauke-Christian Dittrich/picture alliance via Getty Images)

Em 2019, comprar uma bicicleta elétrica em Portugal será mais fácil. Isso porque o governo anunciou que irá beneficiar a aquisição de até mil bicicletas elétricas à população.

A medida faz parte do novo plano de Orçamento do Estado para o ano que vem. O país, que já incentivava o consumo de veículos de veículos com baixas emissões de carbono, agora estenderá o plano às bikes elétricas, que segundo a deputada Heloísa Apolónia, uma das apoiadoras do projeto, “constituem um modo de transporte alternativo para muitos cidadãos”.

Leia também: SP vai ganhar serviço de aluguel de bikes elétricas

As bicicletas elétricas têm tudo para crescerem ainda mais em Portugal, agora com o incentivo. O valor individual ainda está em aberto, e caberá ao Ministério do Ambiente e da Transição Energética (MATE) a definição, o que servirá também para oficializar o número de máximo de bikes financiadas. Vale lembrar que, para moto, o auxílio é de 20% do valor (até ao máximo de 400 euros).

Estima-se que, no total, o país irá injetar 2,6 milhões de euros, contando bikes elétricas e carros e motos com baixa emissão de gases.

O uso de bicicletas elétricas tem sido muito defendido em Portugal – também dentro do Parlamento. É que, além de combater o sedentarismo e os congestionamentos, as bikes elétricas quase não produzem partículas prejudiciais à saúde – ao contrário dos veículos automotores. E, nem por isso, deixam de permitir viagens de longa distância.

(Fonte: publico.pt)