Henrique Avancini coloca o MTB brasileiro em posição inédita no ranking mundial

O ciclista fluminense Henrique Avancini alcançou a vice-liderança do ranking mundial depois de subir em pódio na Itália

Henrique Avancini em Val di Sole
Henrique Avancini é saudado pelo público (Foto: Michele Mondini / Divulgação)

Depois de conquistar um pódio inédito para o Brasil na Copa do Mundo de Mountain Bike, o ciclista Henrique Avancini (da equipe Cannondale Factory Racing), de 29 anos, subiu da quarta para a segunda posição no ranking mundial da União Ciclística Internacional (UCI), a entidade máxima do ciclismo no mundo, na modalidade cross-country olímpico.

Henrique Avancini ficou em quarto lugar na Itália, durante uma etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike disputada em Val di Sole. Agora o brasileiro tem 1.546 pontos, atrás apenas do suíço Nino Schurter, lenda máxima do mountain bike mundial na atualidade e cuja a pontuação está em 2.170.

Henrique Avancini em Val di Sole
Avancini (primeiro à esq.) em pódio na Itália (Foto: Michele Mondini / Divulgação)

“Estou feliz com essa marca alcançada”, disse Avancini. “Sempre trabalhei muito tempo pensando em crescer e melhorar, mas nunca tive um número na cabeça.”

Henrique Avancini em Val di Sole
Avancini durante a prova em Val di Sole (Foto: Michele Mondini / Divulgação)

Ascensão de Henrique Avancini

A ascensão de Avancini em termos de “resultados internacionais” começou no Campeonato Mundial de MTB em Cairns, Austrália, em setembro de 2017, quando ele conseguiu um excelente quarto lugar. Com isso entrou entre os top 10 mountain bikers do mundo. Em seguida, conquistou o bicampeonato na ultramaratona Brasil Ride na Bahia, e somou mais pontos para fechar a temporada passada como número 5 do mundo.

Henrique Avancini
Henrique Avancini na Cape Epic 2018, na África do Sul (Foto: Nick Muzik/Cape Epic/SPORTZPICS;)

Em 2018 ele continuou melhorando. Em março, na África do Sul, Avancini concluiu a famosa ultramaratona ciclística Cape Epic em terceiro lugar, somando 130 pontos no ranking. Em seguida, conseguiu uma oitava colocação na etapa sul-africana da Copa do Mundo de MTB XCO. E em maio, na Copa do Mundo da República Tcheca, terminou em sexto lugar, que o levou para o até então inédito top 3 do ranking mundial.

Agora ele é o vice-líder do ranking do mountain bike mundial. “Fico feliz por trazer mais essa alegria para o esporte brasileiro e para o nosso mountain bike. É um dia especial para mim”, concluiu Henrique Avancini.