Escolha sua próxima jersey

Vista-se bem, pedale melhor

Conforto e beleza neste modelo inspirado nas estradas de Santa Catarina

A escolha bem feita na hora de se equipar para pedalar vai muito além do visual: acertar a mão nas roupas garante conforto, segurança e desempenho por mais tempo – e, muitas vezes, até mais velocidade. Portanto, comece escolhendo uma boa jersey.

Uma jersey de qualidade não só parece boa (e faz você se sentir mais rápido), mas também oferece ventilação superior, conforto em todos os quesitos e a facilidade de acionar seu zíper para se adequar às mudanças de temperatura.

Jerseys de bom caimento podem parecer um pouco justas na altura do estômago e até apertadas na área dos ombros, mas essa sensação desaparece durante o pedal – você não precisa puxá-la a toda hora, nem mesmo verá algum tecido extra voando com o vento. A escolha por três bolsos na parte de trás é uma pedida certeira, mas um bolso extra com zíper para guardar chaves e documentos se mostra um “luxo” mais que bem-vindo, por isso fique sempre ligado em detalhes como esse. Aqui uma seleção das mais legais (no Brasil e lá fora).

Biene Retro Collection

Marca pioneira de roupas de ciclismo no Brasil, a Biene retorna à ativa com uma linha retrô de jerseys, celebrando momentos ícone do esporte. É o caso dos modelos Z Vetements (1), La Vie (2) e Bianchi Faema (3), todos feitos em malha de poliéster, com elástico siliconado na barra, para evitar deslocamentos do tecido. Destaque para um bolso extra traseiro impermeável e para a edição premium que traz modelagem e acabamento especiais. R$ 195 | biene.com.br

Curtlo Evolution ML

Eis uma jersey feminina de manga longa feita por quem realmente entende quem pedala: malha em poliamida (proteção UV 50+), laterais em tela para facilitar a ventilação e elástico interno na barra para segurar o deslize. Além das três divisões na traseira, há um bolso extra “invisível” com zíper. Disponível também em versão masculina. R$ 243 | curtlo.com.br

Kirschner Serra II

Suavidade e caimento perfeito falam alto nesta clássica jersey de produção nacional, inspirada nas estradas de Santa Catarina. Mesclando preto e tons de cinza, está disponível em cinco tamanhos e conta com três bolsos traseiros grandes o suficiente para carregar até ferramentas. US$ 120 | kirschnerbrasil.cc

Barbedo Raglan Vain

Esta opção de manga longa feita pela nacional Barbedo é a pedida certa para climas amenos: 100% poliéster com tecnologia Tec Dry (proteção UV e tratamento anti-bactérias), além da confiável barra de lycra nas mangas e do zíper do tipo inteiro. R$ 175 | barbedosports.com

 Woom Supreme

A busca por performance faz parte de quase uma década da Woom no Brasil, marca embalada pela paixão por triathlon e ciclismo. As jersey da coleção Supreme são resultado dessa trajetória. Suas escolhas visam desempenho e velocidade, como os dois tipos de tecido aplicados nas laterais e no conjunto frente e costas, além de uma exclusiva gola anatômica. Há versões masculinas, como a Toro (1) e a Velodrome (2), e femininas, caso desta Monza (3). R$ 180 | woomstore.com