“Merecia ser fuzilado”, diz mãe de ciclista morto por caçador

A incrível revelação da família do ciclista britânico morto acidentalmente por um caçador

Marc Sutton: um monstro, mas não no mountain bike

Nesta semana, noticiamos o caso do ciclista morto acidentalmente por um disparo desferido por um caçador na região dos Alpes Franceses. Marc Sutton, de 34, era chef de cozinha e adorava mountain bike, segundo seus amigos. Era este esporte que ele praticava quando, no último sábado, foi atingido acidentalmente por um caçador (leia AQUI).

O caso chegou a levantar o debate sobre a caça na região, mas o fato bombástico veio à tona depois que a família de Marc soube do ocorrido.

Tanto sua mãe e sua irmã ficaram aliviadas com a notícia, classificando Marc de “um monstro”.

“Espero que ele apodreça no inferno”, disse a mãe.

“Ele era um psicopata, um estuprador, e eu estou feliz que ele morreu, porque agora não pode mais nos fazer mal”, disse a irmã, de 32 anos, que revelou que Marc a violentara em torno de 100 vezes.

Também uma ex-namorada de Marc se manifestou, dizendo que agora se sente mais segura.