Mulher de bike é flagrada dando o dedo para escolta de Trump

Uma mulher anônima levantou o dedo do meio para a escolta presidencial americana esse fim de semana

Ciclista anônima dá o dedo do meio para comitiva de Trump. Foto: BRENDAN SMIALOWSKI

Por Riley Missel

Uma ciclista de Washington, D.C. viralizou com um pequeno porém não discreto gesto dedicado à administração de Trump — ou, pelo menos, aos carros oficiais, nos quais o presidente americano geralmente circula.

O presidente estava saindo do Trump National Golf Club em Sterling, na Virginia, na tarde de sábado, quando sua escolta ultrapassou a mulher de bike. Quando os SUVs pretos a ultrapassaram pela esquerda, ela deu o dedo do meio para eles. O timing dela foi perfeito para que um fotógrafo documentasse esse momento para a posteridade.

Um pouco depois a ciclista alcançou o cortejo em um semáforo e repetiu a saudação – e não foi a única a manifestar seu desagrado com a comitiva presidencial. De acordo com o jornal The Guardian, um pedestre fez um firme sinal de negativo.

Para o jornal The Washington Post, esse tipo de manifestação “é mais que notícia, é uma tradição histórica”, colocando-o ao lado do adolescente que jogou um ovo em Bill Clinton em 2001, o motorista de ônibus escolar que mandou o presidente George W. Bush para aquele lugar em 2006, o iraquiano que jogou um sapato em Bush, em 2008 – lembramos também do caso do ciclista que usou o Strava para agradecer ao ex-presidente Barack Obama no primeiro dia da gestão atual.

Mas não foi apurado se a mulher, que continua anônima, quis fazer um gesto político ou se foi por outros motivos. Os carros teriam dado uma fina nela?

COMPARTILHAR