Na Finlândia, crianças vão de bicicleta à escola; mesmo no inverno

Temperaturas de -17ºC não são capazes de fazer os alunos abandonarem a bike 

Quem pedala diariamente para se locomover sabe a dificuldade que é para não trocar a bike pelo carro – ou mesmo o transporte público – quando chove ou faz muito frio. Mas uma cidade na Finlândia está provando que, com um pouco de infraestrutura, é possível continuar pedalando nos meses mais frios do ano. Nem quando a neve cai eles parecem se importar muito.

Pekka Tahkola, um engenheiro de bem-estar urbano e coordenador de ciclismo da cidade de Oulu, na Finlândia, tirou uma foto de um estacionamento de bicicletas para mostrar que não importam as condições: Nem temperatura negativas (nem -17ºC), fazem com que o estacionamento de bikes não chegue a lotar.

(Foto: Pekka Tahkola)

Embora pareça estranho deixar seu filho pedalar num frio desses, na Finlândia, para eles é uma coisa normal e saudável de se fazer. E repare que eles nem usam bike lock para deixar a bike estacionada enquanto estudam.

Leia também: O maior bicicletário do mundo fica na Holanda (Claro!)

Segundo Pekka, eles organizam excursões para visitantes verem como o ciclismo na Finlândia realmente funciona. E ele garante que esta escola não é um caso isolado. “Existem várias escolas em Oulu onde a maioria das crianças vai à escola pedalando ou caminhando”, diz.

“Nesta escola [da foto], cerca de 1.000 dos 1.200 alunos vão à escola pedalando, mesmo no inverno”, garante Pekka. “Entre 100 e 150 alunos vão andando, enquanto que o resto vai esquiando ou de carro.”

Que inspiração para não pararmos nem um pouco de pedalar no inverno por aqui, não?