Na Holanda, ciclistas que usarem celular enquanto pedalam serão multados

A lei, que começou a valer nesta semana, visa dar mais segurança a todos, e vai punir com R$ 400

(Foto: Getty Images)

Com uma população de 17 milhões de pessoas e uma frota de 23 milhões de bicicletas, a Holanda é conhecida e elogiada em matéria de transporte sustentável.

É por isso que os legisladores na Holanda estão sempre em busca de soluções para deixar o trânsito de bikes mais acessível, agradável e seguro. A última cartada é que, nesta semana, o país passou a multar em € 95 (cerca de R$ 400), qualquer pessoa que usar um dispositivo móvel portátil enquanto estiver pedalando por alguma via.

>> As 5 ciclovias mais incríveis do mundo

Essa regra para ciclistas faz parte de uma iniciativa para garantir que os usuários das vias públicas prestem a atenção no tráfego, e não em seus celulares, tablets ou smartphones enquanto pedalam.

A multa para condutores de bikes elétricas é maior (€ 240, cerca de R$ 1.000), assim como para os que utilizam patinetes (€ 160, cerca de R$ 700). Usuários de cadeiras de rodas motorizadas também não estão isentos de alguma punição.

“No trânsito, um acidente é sempre iminente, e por isso é importante para todos os usuários das vias – incluindo ciclistas – manterem os olhos e mentes atentos na rua, e não na tela de um telefone”, disse a ministra dos Transportes da Holanda, Cora van Nieuwenhuizen, ao lançar essa campanha de conscientização.

Multa para ciclistas no Brasil

No Brasil, multa aplicada a pedestres e ciclistas é “um assunto que exige discussões que envolvem engenharia, educação e fiscalização no trânsito”, segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Até foram discutidas as penalidades, que começariam a valer em março deste ano. Mas a resolução foi revogada.