O maior “cemitério de bicicletas” do mundo

Imagens impressionantes mostram uma pilha com milhares de bicicletas abandonadas, na China

Cemitério de bicicletas em Xiamen, na China, é menor, mas também impressiona (Foto: VCG/VCG via Getty Images)

As imagens aéreas do vídeo abaixo foram feitas sobre um “cemitério de bicicletas” em Nanjing, na China. São bikes que pertencem a sistemas de compartilhamento e que, por algum motivo, acabaram sendo abandonadas pelas ruas.

Só na última semana, segundo o site Daily Mail, mais de 10 mil bicicletas foram depositadas neste espaço, somando-se ao grande número de bikes que já ocupavam este mesmo local.

As imagens são realmente impressionantes. A China, que durante as décadas de 1970 e 1980 foi considerada o “País das Bicicletas”, perdeu um pouco da popularidade no ciclismo urbano no século 21 devido à retomada do automóvel — os chineses começaram a gostar do carro.

Leia também: Bicicletas da Uber chegam ao Brasil este ano

Mas nos últimos dois anos o país oriental teve que lidar com o excesso de bicicletas públicas provenientes de diversos sistemas de compartilhamento.

O cemitério de bicicletas em Nanjing

O espaço que hoje é o cemitério de bicicletas até há uns anos ainda era um terreno vazio de um quilômetro de extensão.

Nanjing é a capital da província de Jiangsu, no leste da China, e tem mais de 8 milhões de habitantes.

Em 2017, depois que as bicicletas passaram a se aglomerar pelas ruas Nanjing, o prefeito organizou uma campanha de “limpeza”. E o pior é que foi constatado que a maioria dessas bicicletas ainda estava em boas condições. E as empresas de compartilhamento de bikes foram multadas pelo abandono.

Uma coisa, no entanto, é indiscutível: é impossível ver essas imagens e não pensar em um destino mais apropriado a essas magrelas, que na verdade estão bem vivas.