Omloop 2020: começam as clássicas de primavera!

Por Verônica Mambrini

Clássicas de primavera: Omloop Het Nieuwsblad
Imagem: Patrick Verhoest/ Omloop Het Nieuwsblad

Com o “Opening Weekend”, as clássicas de primavera chegaram! Começando com a Omloop Het Nieuwsblad neste sábado, e a Kuurne-Brussel-Kuurne no domingo. Logo depois, vem a Le Samyn, na terça-feira. 

Este ano, teremos dois campeões mundiais na Omloop. O dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo), que surpreendeu como o “azarão” que venceu o campeonato mundial em Yorkshire ano passado, e nos paralelepípedos está em sua zona de conforto. Ele já tem também um pódio como segundo lugar em Flanders, de 2018, com apenas 22 anos. Fique de olho também no fenômeno Mathieu van der Poel (Alpecin-Fenix), que venceu o Campeonato Mundial de Cyclocross na Suíça no começo de fevereiro. 

Outros holofotes vão para Wout Van Aert, da Jumbo-Visma, que faz sua estreia na estrada este ano na Omloop. Aliás, foi uma mudança estratégica da equipe, que está adiantando seus esforços por causa do coronavírus na Itália. “Com a presença de van Aert na Omloop, antecipamos o possível cancelamento de outras provas em que a participação dele estava prevista”, disse a Jumbo-Visma por um comunicado. 

+ Milão-Sanremo e até Giro d’Italia podem ser cancelados por corona vírus
+ Corona vírus força cancelamento de UAE Tour durante a prova
+ Tour de Hainan na China cancelado por corona vírus

Van Aert participaria da Strade Bianche, da GP Industria & Artigianato di Larciano e da Milão-Sanremo, mas com a incerteza sobre estas provas, a equipe decidiu adiantar sua participação. O ciclista estava afastado das provas, se recuperando de um acidente em um contrarrelógio no Tour de France do ano passado. 

Outros nomes que sempre brilham nas clássicas estão presentes neste fim de semana na Bélgica: o sempre favorito e vencedor da prova em 2016 e 2017 Greg Van Avermaet (CCC Team), o vencedor do ano passado da Omloop e um dos favoritos deste ano Zdenek Štybar (Deceuninck-QuickStep). Sep Vanmarcke (EF Pro Cycling), Kasper Asgreen (Deceuninck-QuickStep) e o vencedor da Paris-Roubaix 2019, Philippe Gilbert (Lotto Soudal) também vão competir na Omloop, além do sprinter bicampeão de Flandres Alexander Kristoff (UAE Team Emirates).

A Omloop Het Nieuwsblad está quase igual ao ano passado, com 13 belas subidas na estrada de Gent a Ninove, sete delas em estrada de paralelepípedo. Outros seis trechos de pavé aumentam mais ainda a dificuldade desta prova de 200 km.