Pedais inteligentes – a nova geração do Garmin Vector

O Garmin Vector 3 é um "medidor de performance" prático e eficiente

A geração passada dos Vector, da Garmin, foi um dos mais problemáticos potencímetros para se instalar e se começar a usar. Mas esses perrengues foram enfim solucionados no novo Vector 3. Acabaram os sensores pod, que você precisava instalar nos pedais – a função deles agora está toda integrada nos próprios pedais. São pedais inteligentes: basta colocá-los na bike e emparelhá-los com seu ciclocomputador favorito. Pronto!

Se adquirir o potencímetro dual, que mede a potência dos dois lados, você tem acesso às medições Cycling Dynamics da Garmin, que mostra, por exemplo, o quanto de força você está fazendo em cada perna e em quais pontos do seu corpo se concentra mais a potência gerada.

A nova versão é equipada com sistema Bluetooth que emparelha os dados com smartphones, computadores e smartwatches – mas ainda é preciso usar o ANT+ ativado para que as medições conversem com outras unidades principais. As quatro baterias LR44 são fáceis de trocar e podem ser encontradas em supermercados. Os taquinhos Look Keo são compatíveis com os pedais.

Além da instalação ser fácil e de sua funcionalidade, os pedais inteligentes Vector têm apenas 12.2 mm de altura, bateria de vida longa (segundo a marca, até 120 horas) e é leve comparado com outros potencímetros desse tipo. Uma boa escolha para o ciclista que deseja praticidade na hora de medir sua performance. Pena que o preço dos potencímetros ainda é bem salgado. 328 gramas (o par); US$ 600 (medidor de um só lado), US$ 1000 (dual); garmin.com  

[Matéria publicada na revista Bicycling nº 16; maio/junho de 2018]