Pedalar por Portugal ficou fácil

Um guia online de trilhas e estradas para você conhecer Portugal no pedal

SE VOCÊ PENSA em conhecer a “Terrinha”, a primeira coisa que deve saber é que é bem possível fazer isso de bicicleta. Ou melhor, é altamente recomendado.

Recentemente, uma iniciativa da Visitportugal.com, o site oficial de promoção turística do destino Portugal (que é desenvolvido pelo órgão oficial de turismo de lá, o Turismo de Portugal), organizou um detalhado esquema de trilhas, rotas e caminhos possíveis para serem percorridos em mountain bikes, bicicletas de estrada e modelos híbridos (além de caminhos para serem feitos a pé) em todas as regiões do país.

Chamado de Portuguese Trails (portuguesetrails.com), o site reúne boa parte dos mais de 3.700 km de rotas certificadas do país, que levam os interessados a conhecerem uma grande diversidade de paisagens por todas as regiões do país – Porto e Norte, Centro de Portugal, Lisboa Região, Alentejo e Algarve, além das ilhas de Açores e da Madeira. Esses caminhos também conectam, muitas vezes, com as principais ciclo-rotas da Europa.

Tem, por exemplo, um pedal de 200 km, de sete dias de duração, pela famosa costa do Algarve, cruzando belezas naturais e resorts de golf (portugalbike.com).  Ou então cinco dias ao longo da costa Sudoeste de Portugal (220 km), numa travessia integral do Caminho Histórico, cruzando pequenas aldeias e vilas com séculos de história (rotavicentina.com).

Para abrir o leque de serviços, o Portuguese Trails, além de indicar e dar as pegadas de caminhos autoguiados, também sugere roteiros fechados de operadoras especializadas – a exemplo dos links indicados nesta matéria.

COMPARTILHAR