Picado por cascavel, ciclista pedala por meia hora até conseguir ajuda

A cobra o atacou quando ele caiu sobre um arbusto, em uma trilha no Arizona, EUA

(Foto: Mark Kostich/ Getty Images)

O mountain biker Jim Watkins, de 75 anos, estava pedalando com um amigo pela Apache Wash Trail, em Phoenix (EUA), quando perdeu o equilíbrio em uma descida íngreme. Depois de tentar soltar os pés dos pedais, ele caiu em um arbusto onde, foi picado por cascavel, espécie de cobra altamente venenosa.

“A cobra estava muito irritada”, disse Jim à ABC News. “Quando ela me mordeu, parecia mais uma picada de abelha, então eu pensei: ‘Isso não foi tão ruim’.”

>> Ele tomou 500 picadas de abelha e foi pedalando até o hospital

Quando perceberam que era uma cascavel, no entanto, Jim e seu amigo montaram em suas bicicletas e pedalaram por mais 30 minutos pela trilha, até encontrarem ajuda.

Picado por cascavel e se recusa a ir ao hospital

No início, Jim ainda se recusou a ir ao pronto-socorro, dizendo que não estava nem sentindo dor. Mas o Poison Control (o centro de controle de envenenamento que o atendeu) o convenceu do contrário, explicando o risco que ele corria.

Essa foi a sorte: Jim Watkins passaria ainda duas noites no hospital, onde receberia 14 frascos de soro antiofídico. Algumas horas depois da picada, ele disse que sua perna começou a inchar, e uma dor severa se instalou.

Jim comentou que ele é mountain biker há 25 anos. “E, nesse tempo, eu provavelmente já vi umas 12 cobras pelas trilhas”, disse ele. “Se já é raro encontrar uma, quanto mais ser mordido por uma.” Pois é, em ambientes selvagens, são necessário todo cuidado e respeito.

Veja algumas recomendações a seguir, caso você também seja picado por uma cobra, até ser socorrido:
  • Não entre em pânico. As picadas de cobra podem ser tratadas e as picadas geralmente são menos perigosas do que muitas pessoas imaginam.
  • Não arrisque tomar outra mordida tentando capturar ou matar a cobra. Se você puder tirar uma foto ou descrever a cobra, isso é bom, mas não o essencial.
  • Não use remédios antigos de primeiros socorros: sem torniquete, sem gelo, sem choques elétricos, sem cortar a ferida e sem sugar o veneno. Nenhum desses “tratamentos” ajudam — e na verdade a maioria deles piora as coisas.
  • Procure ficar quieto e parado.
  • Mantenha o braço ou a perna (locais comuns para uma picada de cobra) na altura do coração.
  • Remova todas as joias, relógios e roupas apertadas da área da mordida.
  • Lave a área suavemente com água e sabão.