Luvas: por que alguns ciclistas usam e outros ignoram este equipamento?

Proteger do frio, manter a aderência no guidão e até como prevenção de lesão do nervo

Luvas, usá-las ou não, eis a questão (Foto: Getty Images)

Primeiro é bom deixar claro que nem todos os ciclistas usam luvas. Mesmo no mountain bike, há os que não usam luvas. Claro que há boas razões para ciclistas usarem luvas — no verão e no inverno. Há os que preferem as de “meio-dedo”, como ESTA da Bontrager. Mas ainda há aqueles que gostam de sentir as mãos direto no guidão e nos manetes, e não importa a época do ano. O tecido extra parece atrapalhar a pilotagem desses.

Protegem do frio

A razão mais óbvia por que ciclistas usam luvas é para se proteger do frio, claro. Mãos frias e dedos congelantes não combinam com habilidade e rapidez de ação, de modo que, além de ser desconfortável, isso pode atrapalhar a pilotagem. Lembrando que luvas finas de neoprene ajudam a manter a sensibilidade das mão e dos dedos no guidão e nos passadores — como a Gel Long Finger, da Specialized.

Leia também: O capacete de Nairo Quintana

Mantém a sensibilidade

Além da sensibilidade contra o frio, as luvas evitam a compressão do nervo ulnar — o que causa formigamento e dormência na mão (principalmente no polegar). E, uma vez instalada a dor, ela pode se tornar uma lesão chata de se livrar. O acolchoado das luvas ajudam a amortecer e as vibrações das estradas que podem causar uma Neuropatia Ulnar.

Melhora a aderência

A maioria das luvas vêm com um tipo de antiderrapante na palma das mãos que ajudam a manter a pegada no guidão — principalmente na chuva.

Caiu? Melhor estar de luvas

Não é preciso dizer que o ciclismo é um esporte de risco, e que, portanto, nunca é demais uma proteção extra. Caso você tenha a infelicidade de tomar uma queda e tiver que usar as mãos para amenizar o impacto contra o chão, as luvas certamente serão um equipamento de segurança nessa hora.

Tecido atoalhado é útil

Muitos modelos vêm com um tecido atoalhado na parte externa do polegar, e isso é ótimo para limpar o suor da testa que escorre aos olhos — mesmo que a maioria dos ciclistas vai usar este recurso para limpar o nariz.