Promessa do ciclismo morre atropelado durante reconhecimento de percurso

Em sua biografia no Instagram, ele tinha deixado uma mensagem que agora soa estranha

Tate Meintjes (Foto via Twitter)

Tate Meintjes, 19, uma promessa do ciclismo norte-americano, foi morto depois de colidir com um carro na última segunda-feira (11 de março), enquanto se preparava para competir na Redlands Bicycle Classic, uma tradicional prova de ciclismo de estrada que acontece na Califórnia desde 1985.

Tate pedalava pela rodovia Sand Canyon, perto da cidade de Redlands, quando aconteceu a batida. De acordo com a polícia rodoviária da Califórnia, um motorista dirigindo um veículo Honda Accord fez uma conversão brusca em “U” e atingiu em cheio o ciclista, que vinha pedalando logo atrás, na mesma direção.

>> Acidente em rodovia de SP deixa mortos e feridos

Eles não souberam dizer se o motorista vinha acima do limite de velocidade.

Tate Meintjes estava fazendo o reconhecimento de percurso de um contrarrelógio para a Redlands Bicycle Classic com seus companheiros de equipe, e foi declarado morto após ser levado a um hospital próximo.

Os organizadores da prova se manifestaram dizendo que estão arrasados com o acidente. “A comunidade de ciclismo é muito unida, a perda de um ciclista tão talentoso e jovem está sendo sentida em todas as disciplinas de ciclismo”, disse Marc Shaw, presidente do Redlands Bicycle Classic.

Tate Meintjes: uma promessa do ciclismo

Tate Meintjes veio do mountain bike, e estava no ciclismo de estrada há cerca de um ano.

Curiosamente, em sua última bio no Instagram, ele escrevera: “Objetivo de vida: chegar ao meu leito de morte pensando ‘Bem, isso foi divertido’”.

E que tenha sido mesmo muito divertido, Tate. Descanse em paz!