Que tal pedalar às margens de um rio limpo?

Instalação no leito do Pinheiros chamou a atenção da população para o descaso com um dos principais rios de SP

Foto do "cocô inflável" colocado no Rio Pinheiros nesta semana como protesto. Já pensou este rio limpo?

NAS MARGENS do Rio Pinheiros, em São Paulo, a Ciclovia Rio Pinheiros, inaugurada em 2010, é uma das melhores alternativas de transporte e lazer já criadas na capital paulista na última década. Ela virou até uma opção viável àqueles que precisam cobrir grandes quilometragens no pedal toda semana para se preparar para uma prova. E está até nos planos da estatal Empresa Metropolitana de Águas e Energia (EMAE) a extensão desta ciclovia à outra margem, com passarelas ligando as duas. Isto seria parte do projeto Parque Linear Pinheiros, que depende, a princípio, da “boa saúde” do Rio Pinheiros.

Urgentemente, a despoluição é um tema que precisa voltar à pauta política. É nisso que acredita o movimento #VoltaPinheiros, que no dia 6 de março colocou dois infláveis de PVC em formato de emoji de cocô boiando no Rio Pinheiros.

“Foi uma manifestação artística que busca mobilizar e engajar a população em prol da revitalização do Rio Pinheiros”, explicou o publicitário Marcelo Reis, idealizador do movimento. Para ele, a provocação é importante porque, apesar de ser uma mensagem leve e quase “inodora” a governador, prefeito, vereadores e deputados, ela, por outro lado, ajuda a despertar a consciência na população ao mostrar que não podemos nos acomodar com um rio extremamente poluído cortando a cidade.

“Todos os órgãos do governo com quem conversamos dizem que em três anos é possível que o rio esteja utilizável e sem cheiro, mas não há vontade política”, indigna-se Marcelo.

Além de Marcelo, o #VoltaPinheiros conta com o apoio de pessoas e outras iniciativas que acreditam em um futuro melhor aos que desfrutam da cidade ao ar livre, como nós ciclistas. Entre esses agentes, estão a geógrafa Stela Goldstein, a fotógrafa Marina Klink, a ONG Limpa Brasil, a plataforma Arq.Futuro o think-tank Forum das Americas.

Você que mora em São Paulo, já pensou o prazer que seria pedalar ao lado do Pinheiros limpo? O documentário a seguir mostra um pouco o que este rio já proporcionou aos moradores de Sampa.