Roubo de bikes aumenta drasticamente em São Paulo

A ciclovia da Faria Lima, que liga os bairros de Pinheiros e o Itaim Bibi, é um dos lugares mais visados pelos ladrões

(Foto: Reprodução)

Quem pedala – ou apenas mora – em São Paulo sabe que a cidade concentra grande parte de seus ciclistas na Faria Lima. Esta importante avenida da zona oeste conta com uma ciclovia no canteiro central que liga os bairros Itaim Bibi e Pinheiros. O problema é que esta importante passagem de bikes tem chamado a atenção dos ladrões. Segundo o jornal Estadão, essa região registrou um aumento de 76% no número de furto e roubo de bikes no ano passado, em comparação com 2017.

Ainda segundo a mesma publicação, a abordagem dos ladrões, protagonizada crianças e adolescentes em grupos de até nove pessoas, costuma acontecer quando os ciclistas estão pedalando pela ciclovia da Avenida Faria Lima.

O jornal utilizou dados da Secretaria da Segurança Pública (SSP): foram registrados 401 boletins de ocorrência no ano passado — contra 228 em 2017.

Recentemente, a Guarda Civil Metropolitana passou a usar patinetes para tentar coibir a ação desses ladrões.

>> Ladrão de bike é flagrado em plena ação. Vídeo

Geralmente eles surgem do nada na frente dos ciclistas – em áreas mais ermas da ciclovia –, puxando a bicicleta ou empurrando o ciclista com agressividade. Ultimamente, as bicicletas elétricas têm sido as mais visadas pelos bandidos.

Além disso, há pessoas relatando roubo de patinetes, que seriam posteriormente utilizados para executarem outros roubos.

Roubo de bikes na ciclovia: pior trecho

Se você pedala em São Paulo, fique esperto: de acordo com o Estadão, o trecho da ciclovia Faria Lima próximo ao Instituto Tomie Ohtake é um dos mais visados — principalmente no fim de tarde.

Em resposta, a Prefeitura Regional de Pinheiros informou que está trabalhando em conjunto com a Polícia Militar para identificar outros pontos perigosos e tomar medidas efetivas, como a instalação de câmeras e luzes.

Pedalar com o mínimo de segurança é o que, pelo menos, todos nós esperamos.

Ciclovia da Faria Lima na hora do rush