Sapatilha com glitter: você vai querer uma

A sapatilha Gaerne G. Tornado foi feita para brilhar

Sapatilha com glitter
A Gaerne "purpurinada" apresentada na Eurobike (FOTO: cyclingtips.com)

Aconteceu em julho, na Alemanha, a Eurobike 2018, com marcas grandes marcas do segmento apresentando suas principais novidades. Capacetes, rodas, acessórios e tudo o que é inovação atraíram, como sempre, público do mundo inteiro. Mas dentre tantos equipamentos, talvez nenhum tenha chamado mais atenção do que a sapatilha com glitter (“purpurinada”) da marca italiana Gaerne.

Na verdade, esta sapatilha é uma G.Tornado, um modelo que a Gaerne já tem em linha. A novidade, no entanto, é este cabedal inédito, que “acende” qualquer traje ciclístico. A aposta da marca é certeira, uma vez que as sapatilhas estão entre os maiores objetos de desejo dos ciclistas, principalmente os de estrada — talvez só a jersey e o capacete possam concorrer.

Sapatilha com glitter durante processo de fabricação (Foto via Facebook Gaerne)

Leia também: 8 passos para começar a pedalar com sapatilhas

Tecnologia da sapatilha com glitter

Em sua versão feminina, a G. Tornado foi pensada na anatomia da mulher, para ser funcional e confortável ao máximo. O solado é de nylon reforçado com tiras de fibra de carbono. O cabedal é em microfibra, com microperfurações que ajudam na respirabilidade e inserções em malha. Seu sistema de fechamento são fivelas BOA BO6 L6 ajustáveis e um cabo de aço inoxidável. Ao girar o botão, o cabo fecha a sapatilha de maneira uniforme, garantindo boa sustentação. O calcanhar anatômico é moldado por injeção, que não se deforma nem enfraquece conforme o uso. US$ 150 (gaerne.com)