Seleção Brasileira de Ciclismo de Estrada disputa o Tour da Colômbia

Divulgação Confederação Brasileira de Ciclismo

A Seleção Brasileira de Ciclismo de Estrada está disputando o Tour da Colômbia desde a última terça-feira (11), em sua terceira competição por etapas consecutiva em menos de dois meses. O Tour Colômbia 2020 está entre as provas que irão reunir 6 times do World Tour, 6 equipes Pró Continentais, 10 Continentais e 5 Seleções Nacionais. Ao todo, serão 161 atletas distribuídos em 27 equipes.

Em janeiro, a equipe já disputou o Giro del Sol, entre 9 e 12 de janeiro, e a Vuelta a San Juan, entre 26 de janeiro e 2 de fevereiro. Entre os atletas que compõe o time estão o experiente Rafael Andriato e diversos atletas jovens – a média de idade abaixo de 25 anos – como Alessandro Guimarães, Lauro Chaman, Renan Quadri, Marco Levy da Matta, Vitor Zucco e Vinicius Rangel. O manager da equipe da Seleção Brasileira de Ciclismo de Estrada é Marcelo Donnabella. 

+ O que o Brasil tem a aprender com o ciclismo colombiano
+ Como a Colômbia colocou um ciclista no pódio do Tour de France

Uma prova que cada vez mais vale a pena ficar de olho, o Tour da Colômbia começou nesta terça-feira (11), com uma etapa contrarrelógio por equipes de 16,7 km, e segue até domingo (16), passando por regiões como Boyacá, Cundinamarca e Bogotá. As seis etapas do tour somam 878 km por montanhas espetaculares, com subidas de tirar o fôlego e paisagens . 

Percorrendo o percurso de 16,7 km, com o tempo de 00:20:41, a seleção brasileira garantiu a 24ª colocação na etapa, com a marca de aproximadamente 50 km/h de média, e diferença de 0:02:40 da vencedora, a EF Pro Cycling, com o tempo de 00:18:01. Em segundo lugar ficou a Deceuninck-Quickstep, com 00:18:46, e em terceiro a Team Ineos, por um segundo de diferença.