Skatista ganha vaga como ciclista profissional pedalando virtualmente no Zwift

Neozelandês de 21 anos celebra contrato na equipe Dimension Data U23 depois de vencer competição no Zwift Academy

Divulgação Zwift

Lembra do Zwift, uma plataforma virtual que simula vários treinos de bike outdoor? A empresa tem um programa de identificação de talentos anual, por meio da Zwift Academy, que promoveu um desafio de seis semanas (realizado pelo próprio Zwift, claro!), acompanhando os aspirantes à vaga em treinos indoor, treinos em grupo e corridas simuladas.

O vencedor foi o jovem neozelandês Ollie Jones, de 9.200 ciclistas inscritos, e agora ele faz parte da equipe Team Dimension Data’s U23 Continental. Jones, de 21 anos, não vem do ciclismo: até ganhar a vaga na equipe por conta do desafio da Zwift Academy, ele foi um menino prodígio do skate, campeão em provas de velocidade. Ele começou a pedalar depois de se lesionar no skate, em maio de 2016.

A seleção teve uma etapa intermediária com 10 ciclistas, que passaram por treinos on-line e ao ar livre, e depois uma final no centro de treinamento da Dimension Data em Cape Town, África do Sul no início deste mês.

“Dizer que isso é um sonho que se tornou realidade é pouco”, disse Jones depois de ter garantido o contrato de um ano com o time de desenvolvimento, que compete no nível continental da UCI. A equipe principal tem Mark Cavendish, Edvald Bosson Hagen e Steve Cummings.

“Encontrar o próximo talento jovem nunca é fácil, mas o alcance e a coleta de dados da Zwift permite buscar quem se destaca entre atletas do mundo inteiro”, disse Doug Ryder, diretor da equipe da Dimension Data.

O Zwift está bem estabelecido em países cujas condições climáticas impedem os treinos outdoor, assim os ciclistas conseguem treinar nesse período mantendo o condicionamento. No Brasil o clima é muito favorável à prática de atividades outdoor, o que limita o público potencial do Zwift.