Supermercado promete ressarcir cliente que teve a bicicleta furtada em estacionamento

Ele só teve uma resposta positiva da loja depois de apresentar a nota fiscal da bike

(Foto: Getty Images/ Cavan Images RF)

Depois de ter sua bicicleta furtada no estacionamento de um supermercado Pão de Açúcar, em São Paulo, o cliente Brian Lear terá o valor ressarcido.

O furto aconteceu no ano passado.

“No dia 26 de dezembro, estacionei minha bicicleta no estacionamento do Pão de Açúcar da Rua Teodoro Sampaio, na área destinada a bicicletas, onde a prendi com cadeado. Fiquei aproximadamente 1h30 fazendo compras e, quando voltei, vi que ela tinha sido furtada”, ele relatou ao jornal Estadão.

Antes de fazer contato com o veículo, no entanto, Brian afirma que estava enfrentando problemas para ser indenizado pelo prejuízo.

“Falaram que precisariam de um mês para análise, tempo que aguardei pacientemente. Após um mês, eles não entraram em contato, eu tive que ligar, e me falaram que o pedido de reembolso foi negado. Pedi para saber o motivo e a atendente não soube especificar; disse somente que havia sido negado”, disse Brian.

Depois de enviar sua reclamação ao jornal, o Pão de Açúcar se manifestou, dizendo que já está em contato com ele para realizar o reembolso.

>> Ele encontrou sua bike roubada à venda no Facebook

Bicicleta furtada: nota fiscal e burocracia

Apesar de ter tido aparentemente um final feliz, esta história ainda chama a atenção pelo esforço que o cliente teve que fazer para provar que sua bicicleta fora realmente furtada nas dependências da loja.

Ao notar que havia sido furtado, Brian entrou em contato com o funcionário responsável por aquela unidade do Pão de Açúcar, que disse que eu não poderia ver as imagens da câmera e que, portanto, ele deveria entrar em contato com a Casa do Cliente.

Foi o que ele fez. E mesmo assim teve que apresentar a nota fiscal da bike para que finalmente fosse ressarcido — um caminho bem burocrático, não!?