Uma camisa de ciclismo anticonflito

A mountain biker Olivia Dillon é uma das embaixadoras da campanha Unity, da Velocio, e conta a história de como começou seu relacionamento com a colega de equipe, a ciclista Tyler Wailes

“Da cerveja preferida ao partido político, basta lançar uma opinião qualquer no Twitter para começar um mar de discórdia”, explica o site da Velocio, ao explicar o lançamento da Unity. A marca desejo de roupas de ciclismo lançou a jersey justamente com a proposta de combater esse espírito de conflito. A marca permite também que o comprador doe o lucro das camisas para uma instituição de caridade à escolha entre uma seleção no site.

Entre embaixadores da Unity, estão ciclistas profissionais como Kay Wiggins, Olivia Dillon e Ted King, mas também weekend warriors como a atriz e escritora Chris Hadgis ou a estudante Leslie Lupien. Todos têm em comum histórias em que diferenças, perdas ou dificuldades foram superadas com a ajuda do ciclismo, seja relacionamentos não tradicionais, histórias de imigração e conflito ou conflitos pessoais.

O ciclismo aproximou o pro Ted King de Farid Noori, afegão que pretende abrir trilhas nas montanhas do seu país como forma de empoderamento e ativismo

A camisa tem um design que remete a união. O lucro das vendas da Unity serão doados para a The American Civil Liberties Union, que defende direitos e liberdades individuais nos Estados Unidos, a Human Rights Campaign, que defende direitos civis LBGTQ, a Anistia Internacional, e a World Bicycle Relief, que promove ações humanitárias mobilizadas ao redor da bicicleta.

Veja mais informações no site da Velocio.

COMPARTILHAR