Você também pode ser um atleta vegano

Desistir de comer carne não significa sacrificar seu desempenho. Anote essas receitas

Veganismo e esporte: Abraçando os vegetais para ser um atleta melhor (Foto: Getty Images)

No dia 1º de novembro é comemorado o “Dia Mundial do Veganismo”. A dieta e o estilo de vida baseados em não consumir nem utilizar nada que seja de origem animal cresceu absurdamente nos últimos anos. Hoje também é normal um atleta vegano que desponta em seu esporte.

Para alguns, veganismo significa ativismo. Para outros, é simplesmente uma opção de vida alternativa, creditando nos vegetais uma opção de alimentação mais saudável.

Vários atletas, amadores e profissionais, já optaram pelo veganismo. E há ciclistas entre eles.

Pesquisas que indicam que pessoas que consomem mais produtos de origem animal têm mais probabilidade de sofrer de doenças como câncer já não são uma novidade. O veganismo também é uma alternativa para quem quer perder peso. Além disso, atletas veganos recém-convertidos costumam dizer que se sentiram mais dispostos depois da alimentação baseada em vegetais.

Leia também: Campeão do Ironman 2018 é vegetariano

Portanto, se você se preocupa com a saúde, o veganismo pode ser uma alternativa para evoluir – desde que você coma alimentos orgânicos, integrais, não processados e sem nenhum valor nutricional, como batata frita e refrigerante. Confira abaixo algumas receitas que podem ser ideias para o momento de transição.

Em seu livro Alimentação Vegetariana para a Prática de Esportes (R$ 58; amazon.com.br ), a nutricionista esportiva Anita Bean revela como é simples colocar o veganismo em prática – dando dicas inclusive de como repor a vitamina B12, cuja únicas fontes são de origem animal (carne, laticínios e ovos).

Você não precisa se tornar vegano da noite para o dia. O ideal é fazer isso gradualmente, optando pelo ovo-lacto-vegetarianismo antes. Outro exemplo é instituir um cardápio vegetariano uma vez por semana, testando receitas novas e saborosas. A seguir, te ajudamos com isso.

Receitas para o atleta vegano/vegetariano

Anita Bean passa mais de 100 receitas em seu livro, divididas em café da manhã, sopas, saladas, pratos principais, sobremesas e lanches (doces e salgados).

Separamos abaixo três de alguns de nossos pratos favoritos.

Panqueca de banana (ovo-vegetariano)

Sopa de legumes

 

Macarrão à bolonhesa vegana

atleta vegano