Campeão mundial de ciclismo sub-23 perde título, acusado de “pegar vácuo e carona”

O holandês Nils Eekhoff cruzou a linha de chegada em primeiro lugar – mas isso não bastou   

campeão mundial sub-23
Nils Eekhoff em momento íntimo com o carro de apoio (Foto: Reprodução)

Campeão mundial sub-23 perde o título: O holandês Nils Eekhoff havia conquistado hoje (27) o título de campeão mundial de ciclismo de estrada — durante os Campeonatos Mundiais de Ciclismo de Estrada, que estão rolando no Reino Unido. Mas só cruzar a linha em primeiro lugar não foi suficiente. O ciclista de 21 anos que compete pela Sunweb fez  uma prova de recuperação com o colombiano Sergio Higuita, ajudando-se mutuamente. A dupla alcançou o pelotão da fuga, e incrivelmente Nils venceu no sprint final.

O holandês que já tinha sido flagrado pegando vácuo no carro de apoio de sua equipe perdeu definitivamente o título depois que uma imagem divulgada mostrava Nils sendo ajudado pelo carro.

>> As provas e os favoritos do Campeonato Mundial de Ciclismo de Estrada

Durante o abastecimento, no entanto, é comum os ciclistas ganharem preciosos 2 segundos de ajuda dessa forma.

Mas com a desclassificação de Nils Eekhoff, o italiano Samuele Battistella se tornou o campeão mundial sub-23 de 2019. O suíço Stefan Bissegger foi promovida à prata e o bronze ficou com o britânico Tom Pidcock.