Ciclistas se conhecem no Tinder e pedalam o mundo juntos

Eles pedalaram 30 mil quilômetros, e no meio do caminho se casaram

Tinder
Helen e Mike, no começo da jornada volta ao mundo

Você que acha que é muito difícil conhecer a sua cara-metade em aplicativos de encontros como Tinder ou Happn, vai mudar de opinião ao ler esta história.

Os escoceses Mike Langridge, 32, e Helen Clarkson, 30, se conheceram no Tinder (a bicicleta foi o motivo do match) e logo depois passaram um ano e meio pedalando ao redor do mundo.

No começo, parecia ser só uma brincadeira. Eles até conversaram sobre pedalar pelos quatro continentes (sic) na primeira vez em que se falaram pelo aplicativo.

Tudo começou depois que Mike postou uma foto dele em seu perfil do Tinder e, na descrição, escreveu que seu objetivo de vida era dar um pedal pelo mundo. Depois de “dar match”, em janeiro de 2016, Helen escreveu: “E aí, quando partiremos?”.

>> Um casal que pedala junto há 69 anos

Mas a coisa ficou séria logo no segundo encontro. Mike e Helen decidiram economizar uma grana para viagem, e foram até morar juntos para poupar o dinheiro do aluguel. Eles calcularam que precisariam de 27 mil libras (cerca de R$ 130 mil) para fazer a viagem. Então se programaram e economizaram o máximo (nem saíam para beber com os amigos).

Um ano e quatro meses depois, o casal já havia pedalado pela Europa, Ásia, Austrália e América do Norte.

Segundo Helen, não havia nada que pudesse os impedir de partir. “Tudo o que precisávamos eram bicicletas, dinheiro e determinação”, ela contou ao dailymail.co.uk

Mais do que um simples pedal romântico, Mike e Helen se casaram pelo caminho. A cerimônia aconteceu no Parque do Yosemite, na Califórnia. Era onde Mike estava na foto que publicara em seu perfil do Tinder.

Recentemente de volta à Escócia, eles planejam uma nova viagem de bike, desta vez à Nova Zelândia.

Agora eles estão escrevendo um livro relatando as experiências que tiveram ao longo do caminho. Afinal, foram 30 mil quilômetros percorridos em suas bicicletas