Devo lavar o frango antes de cozinhá-lo?

Texto de Runner's World EUA

Foto Shutterstock

Lavar o frango antes de cozinhá-lo é um hábito comum para a maioria das pessoas. Uma boa lavagem dos alimentos é regra para os legumes, frutas e verduras, portanto o lógico seria lavar as aves e carnes também, certo?

Carboidrato: descubra quais são bons e quais são ruins
Quanto tempo leva para engordar?
Quais os benefícios do abacate para a saúde?

Errado. Lavar o frango antes do cozimento pode aumentar as chances de contaminação, o que pode te deixar doente, de acordo com pesquisas científicas.

O estudo científico

No estudo, os pesquisadores dividiram 300 pessoas em dois grupos. O primeiro recebeu dicas de manuseio seguro para aves cruas, enquanto o segundo grupo, não. Depois, os pesquisadores observaram seus procedimentos de manuseio de frangos.

Eles descobriram que, das pessoas que receberam dicas de segurança, 93% não lavaram o frango. Mas 61% do grupo que não recebeu conselhos sobre as melhores práticas lavaram suas aves antes de prepará-las.

Os participantes que lavaram o frango fizeram isso na pia e relataram fazê-lo para remover sangue e outras sujeiras. Ou porque observaram alguém da família fazendo isso anteriormente, e copiaram a prática.

“Alguns consumidores acreditam que lavar e enxaguar o frango melhora a qualidade da carne”, diz Abby Snyder, professora-assistente de segurança microbiana de alimentos, no departamento de ciência de alimentos da Universidade Cornell (EUA).

“Lavar o frango cru não elimina o risco de contaminação. O que faz com que se eliminem os patógenos é o bom cozimento.”

Simplesmente lavar o frango com água não seria suficiente para remover todo o risco de contaminação. De acordo com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças, o frango deve ser cozido a uma temperatura interna segura de 73°C para zerar o risco de transmissão de doenças.

Além de não remover as bactérias, o ato da lavagem espalha as mesmas pela ave, por toda a pia e onde mais a água contaminada tocar, como, por exemplo, facas, tábuas e outros alimentos que estiverem por perto. Isso aumenta a chance de contaminação cruzada, que é quando os patógenos se deslocam de uma fonte para a outra.

“Nesse caso, estamos falando de patógenos como Salmonella e Campylobacte”, explica Abby.

Ambas as doenças podem causar cólicas, febre e diarréia.

Leia também: QUANTO TEMPO LEVA PARA ENGORDAR?

Lave bem as mãos

É indispensável fazer lavagem adequada das mãos sempre que cozinhar. Use sabão e esfregue as mãos por 20 segundos.

“Lavar ou enxaguar carne e aves cruas pode aumentar o risco de bactérias se espalharem pela cozinha, mas não lavar as mãos por 20 segundos imediatamente após manusear esses alimentos crus é tão perigoso quanto”, afirma Carmen Rottenberg, administradora do Serviço de Inspeção e Segurança Alimentar do USDA (FSIS).