Ele decidiu pedalar à procura da felicidade. E encontrou

Depois de concluir seu trabalho acadêmico sobre felicidade, inglês o colocou em prática

Christopher em algum lugar do mundo (Foto: via Facebook)

Depois de se dedicar a um estudo sobre “felicidade”, o britânico Christopher Boyce decidiu aplicar esse seu conhecimento na prática. Em outras palavras, ele precisava dar um sentido à sua vida.

Então no fim de 2017, saiu pedalando de Londres, onde morava, com destino ao Butão, um país no extremo leste do Himalaia conhecido por ter a felicidade como uma das políticas públicas. No Butão, mais importante do que o crescimento econômico, é cada cidadão ser feliz.

>> Comece a pedalar para ser feliz — entre outros benefícios

Para Christopher, mais importante naquele momento era fazer algo diferente. Descobrir o seu propósito no mundo em busca de uma existência autêntica, quem sabe mais feliz — que lição para qualquer pessoa seria colocar isso em prática, não!?

A viagem em busca de felicidade

Ele saiu da Inglaterra com sua bicicleta e um mapa. Christopher pedalou pelas Américas do Sul e do Norte e entrou em contato com uma nova realidade. Em 2018, quando estava no Canadá, ainda não tinha certeza de que sua jornada seria bem-sucedida.

Mas ele seguiu adiante, e já está bem próximo do Butão.

Além disso, garantiu que já tinha encontrado a felicidade pelo caminho, como se tivesse descoberto na prática que, mais importante do que o destino, é a jornada.

“Esta viagem tem sido incrível para mim”, disse Christopher em seu blog. Usando um gráfico medidor de felicidade, ele relata que viveu na Índia o seu maior pico de felicidade. E, nos Estados Unidos, entendeu de fato que o crescimento da economia é mais importante do que qualquer outra coisa.

“Na minha barraca, sob um céu estrelado, percebi que aprendi muitas coisas sobre mim mesmo. Como, por exemplo, que sou muito mais do que apenas um acadêmico”, concluiu. Acompanhe a jornada de Christopher Boyce através de seu blog.