Esta não é uma bike híbrida qualquer

A bike Diva Aline não é uma híbrida qualquer. Pelo contrário: a ideia era romper com limitações e oferecer o melhor de dois mundos, aliando a possibilidade de encaixar uma cadeirinha infantil para os compromissos cotidianos à possibilidade de pedalar forte ou fazer cicloviagens.

“Em comum entre a Diva normal e a Diva Aline é só o quadro e o garfo. Os componentes são diferentes. O objetivo era poder colocar cadeirinha e levar o Cauê nos meus rolês, mas mantendo o guidão drop e um grupo bacana para girar mais rápido”, conta a cicloativista Aline Cavalcante, embaixadora da marca.

O modelo se inspira em um clássico: a Peugeot Mixte, dos anos 1960. O resultado deixa visível o DNA do Studio Vila, que, antes de partir para modelos próprios, nasceu como oficina de customização e restauro. A bike tem charme retrô, mas comporta bem uma pitada a mais de performance graças ao grupo Tiagra de 20 velocidades.

Vem com pneus 28 mm e tem quadro em aço hi-ten.

R$ 4.500 | 12 kg | studiovila.com