E-SUV: Bianchi revela sua nova mountain bike elétrica

Mais uma vez, a Bianchi se destaca pelo design inovador, agora em MTBs full suspension

E-SUV

A Bianchi revelou na Eurobike 2019 sua última criação em matéria de e-bike: a Bianchi E-SUV.

No meio de um monte de lançamentos em uma das mais importantes feiras de bike do mundo, que aconteceu entre os dias 4 e 7 de setembro, esta e-MTB da Bianchi foi destaque.

Na verdade, é uma linha de três bicicletas elétricas diferentes: a E-SUV Racer, a E-SUV Rally e a E-SUV Adventure.

>> Allant+: a nova e-bike urbana da Trek

As três vêm com quadro em carbono full carbon e suspensão traseira. Sim, são mountain bikes full suspension, com 150 mm no curso traseiro em um design totalmente integrado ao quadro. Design, por sinal, é sempre um ponto forte da Bianchi. Alguns podem achar até que os modelos foram inspirados nas MotoCross.

Elas têm luzes de LED dianteira e traseira integradas, para-lamas e bateria de 720 Wh.

A Racer é otimizada para corridas de mountain bike elétrica e vem com o garfo de suspensão mais alongado (160 mm). A Rally prioriza os acessórios, como um farol dianteiro de 1.100 lúmens (que pode lançar um feixe a 200 m de distância). Também possui rodas de tamanhos diferentes: pneu 29 ″ na frente e 27,5 ″ atrás. A Adventure mescla características das duas irmãs, e fora pensada tanto para rolês urbanos quanto em trilhas.

A energia é fornecida pelo motor Shimano STEPS E-8000, um motor relativamente suave.

Quanto aos preços, a Bianchi E-SUV varia entre 6.790 euros a 10.490 euros (entre R$ 30 mil a R$ 46 mil, aproximadamente – sem levar em conta taxas e impostos).

Se você gostou, já é hora então de economizar. O lançamento previsto dos modelos E-SUV é março de 2020. bianchi.com