Jovem ciclista britânica Josie Gilbert morre atropelada por carreta

A ciclista profissional de estrada inglesa Josephine Gilbert faleceu depois de ser atropelada por um caminhão enquanto treinava próximo da cidade de Derby, na região leste da Inglaterra. 

A família de Josephine prestou uma homenagem para a atleta, que era “uma ciclista dedicada que competia nos níveis local, nacional e internacional, e que esperava seguir sua carreira como Gerentes Esportiva, tendo concluído o curso de Psicologia na Universidade de Loughborough”, disse a polícia de Derby, em nota.

+ Oslo tem zero acidentes com ciclistas e pedestres em 2019
+ Phil Gaimon recebe conta de 250 mil dólares ao ser atropelado

O atropelamento teria acontecido perto de duas horas da tarde da quarta-feira, dia 29 de janeiro. Os serviços de emergência foram imediatamente acionados para atender a ocorrência, mas segundo a polícia, a atleta faleceu no local. O motorista da carreta foi atendido por paramédicos e encaminhado para um hospital por precaução.

Em 2016, a atleta correu no Tour de Yorkshire feminino e o campeonato nacional britânico. Sua carreira tinha começado a chamar a atenção 2015, na Ghent-Wevelgem feminina e no Troffee Maarten Wynants, na Bélgica. Ela ainda obteve um vigésimo nono lugar no campeonato britânico de contra-relógio e um quadragésimo primeiro na prova de estrada do mesmo ano.

+ Eddy Merckx sofre acidente e é hospitalizado

+ Apple Watch reconhece acidente grave e salva vida de ciclista

Ela competia pela equipe Velosure-Starley Primal Pro Cycling Team, a única do Reino Unido que mantém uma equipe profissional tanto masculina quanto feminina. A morte causou pesar na comunidade ciclística. James Smith, da marca de roupas de ciclismo Primal, que patrocinava a equipe, declarou à Cycling Weekly: “Extremamente chocado e triste pela morte de Josie Gilbert. Ela competia na nossa equipe desde 2015. Lembro de como ela estava forte em nosso training camp na Espanha. Meus pensamentos estão com a família.”