O mel é melhor que o açúcar?

Por Marissa Miller, da Women’s Health EUA | Adaptação Fernanda Rosa

Foto Shutterstock

O mel é melhor que o açúcar para deixar os alimentos mais saudáveis e naturais? Alguns costumes antigos fazem com que as pessoas pensem que sim. Mas será que isso é verdade?

Vamos começar comparando os valores nutricionais de ambos, de acordo com os dados do United States Department of Agriculture (EUA). Foi analisada a porção de uma colher de sopa.

Mel
Calorias: 64
Gordura: 0 g (0 g sat)
Proteína: 0,1 g
Sódio: 0 mg
Carboidratos: 17 g
Açúcar: 17 g
Fibra: 0 g
Açúcar refinado
Calorias: 49
Gordura: 0 g
Proteína: 0 g
Sódio: 0 mg
Carboidratos: 13 g
Açúcar: 13 g
Fibra: 0 g

Portanto conclui-se que uma colher de sopa de mel equivale a cerca de uma colher e meia de açúcar refinado. Uau!

Quase 100% das calorias do mel são derivadas do açúcar – e ele contém mais carboidratos e açúcar por porção de uma colher de sopa do açúcar comum. Isso, aparentemente, não é uma coisa boa.

Mas mesmo assim o mel ainda é melhor.

“Devido a seu alto teor de frutose, o mel é cerca de uma vez e meia mais doce que o açúcar”, diz a norte-americana Melissa Joy Dobbins, especialista em alimentação. Isso significa que você usa uma menor quantidade do adoçante natural para obter o mesmo nível de “doçura” que teria com o açúcar.

Leia também: CARBOIDRATO: DESCUBRA QUAIS SÃO BONS E QUAIS SÃO RUINS

RECEITA DE SALADA TAILANDESA PARA OS DIAS DE CALOR

O mel é melhor que o açúcar
Apesar de o mel ter mais calorias, elas não são “vazias”. Isso porque o mel contém flavonóides e ácidos fenólicos — antioxidantes poderosos —, como explica Melissa. Além disso possui alguns minerais como o potássio, que equilibra os eletrólitos, o cálcio, que fortalece os ossos, e o ferro, que combate a anemia.

E você se lembra de quando sua avó dizia para colocar mel no chá quando você ficava doente? Ela tinha razão! Uma pesquisa feita pela revista Frontiers in Microbiology, dos EUA, descobriu que o adoçante natural combate o resfriado de várias maneiras e pode até ser mais eficaz do que os antibióticos. Portanto escutem as vovós!