Polícia prende quadrilha responsável por furto de bikes dentro da UFMG

Ao todo, seis suspeitos foram presos, acusados de roubarem mais de 15 bicicletas no campus da universidade

Ladrão em ação (Foto: Reprodução)

Quadrilha responsável por furto de bikes no campus da UFMG é presa: Na sexta-feira passada a polícia civil mineira prendeu três homens suspeitos de atuarem em uma quadrilha responsável pelo furto de 16 bicicletas dentro da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

De acordo com o site de notícias em.com.br, a quadrilha é composta por sete criminosos, sendo que três deles já haviam sido presos anteriormente por outros delitos. Um suspeito ainda segue foragido – este seria o motorista da quadrilha, que fugia com as bicicletas dentro de um carro logo após elas serem roubadas.

Esta operação policial foi batizada de “Mountain Bike”, e começou com a investigação em março, quando um funcionário da mesma universidade foi até a delegacia prestar queixa do roubo de sua bicicleta.

>> Furto de bicicleta em condomínio vira moda no Brasil

>> ONG Bike Anjo tem bikes furtadas em Curitiba

Foi então que os policiais analisaram outras ocorrências, chegando à conclusão de que se tratava de uma quadrilha especializada em furto de bikes.

Ao todo, a polícia juntou 16 ocorrências, mas é provável que a quadrilha tenha feito mais vítimas — pessoas que simplesmente não fizeram boletim de ocorrência.

O vídeo abaixo mostra um desses furtos de bike ocorrido na UFMG. Veja como os ladrões se misturam aos alunos, cortando os cadeados com uma espécie de alicate “torquês”.

De acordo com a polícia, os ladrões têm entre 21 e 28 anos de idade, e sabiam escolher bem as bikes, optando por modelos com freio a disco. Eles chegavam a vender essas bikes roubadas por até 1/10 do valor.