Prefeitura de SP começa a remover ciclovias

Importantes ciclovias de São Paulo estão sendo apagadas sem nenhum aviso prévio

ciclovias
Carros ocupam espaço onde antes era uma ciclovia, na Avenida Corifeu de Azevedo Marques (Foto: Talis Mauricio/CBN)

Sem aviso, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, está autorizando a eliminação de ciclovias na capital paulista. A notícia foi dada nesta semana.

Em entrevista à rádio CBN, Bruno admitiu que a prefeitura está mesmo apagando os caminhos exclusivos aos ciclistas da cidade de São Paulo.

>> Plano cicloviário prevê mais ciclovias até 2028

“Duas situações podem estar ocorrendo”, ele afirmou: “Ou a via está sendo recapeada, e a ciclovia será refeita em seguida; ou então a ciclovia vai ser mesmo removida daquele local.”

Segundo o prefeito, o critério que está sendo utilizado são os estudos feitos pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego). No entanto, a maioria dos ciclistas que se locomove pela capital paulista não ficou sabendo que algumas importantes ciclovias seriam apagadas da noite para o dia – como aconteceu em bairros como Moema, Santo Amaro e Santa Cecília, além da ciclovia da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, na zona oeste.

Bruno Covas disse ainda que nos próximos dias a prefeitura vai lançar o plano cicloviário da cidade, que prevê a requalificação de 310 km de ciclovias e a implantação de outros 170 km. Porém, o que se viu até o momento foram promessas: se a gestão anterior conseguiu chegar aos 500 km de vias exclusivas às bikes, a atual só tirou. E você, o que acha disso?