Saiba o que acontece quando você deixa sua bicicleta para fora

Por Caitlin Giddings, Bicycling US - Adaptado por Fernanda Rosa

Há muitas razões para alguém deixar a bicicleta para fora. O ideal é que todos tenham espaço interno para guardar a magrela em um ambiente fechado, longe das intempéries. Mas todo mundo sabe como escadas de apartamentos são duras, e volta e meia dá uma vontade de largar a bike lá fora mesmo.

Por quanto tempo você pode deixar uma bicicleta para fora antes que seus componentes comecem a se degradar? Isso depende de vários fatores, diz Daniel Slusser, que trabalha na fábrica de SRAM.

Em primeiro lugar, quantos anos têm a bicicleta? Uma bicicleta seminova – que tenha entre 5 a 10 anos – tem mais chances de possuir melhores vedações nos cubos, caixa de direção e em outros componentes que bloqueiam a corrosão pela umidade. Principalmente se a bicicleta for de alta qualidade.

Também depende de onde você mora. As bicicletas que ficam em locais com muita chuva ou umidade têm maior probabilidade de corroer mais rapidamente (verdade, né, cariocas?).

PEDALAR COM CACHORRO É POSSÍVEL, MOSTRA CICLISTA AMERICANO

Daniel diz que deixar a bicicleta para fora por alguns dias não é o fim do mundo, mesmo que seja embaixo de chuva. Mas, depois de uma semana, os danos vão começar a aparecer.

“A corrente começará a enferrujar – especialmente se você mora em um lugar úmido”, diz Daniel. “É um processo lento e varia um pouco com base no nível da corrente que você usa.

Logo depois disso, todas as suas peças tendem a se degradar.

Quando exposta ao calor os danos são outros. Os componentes de plástico e borracha começarão a ressecar e apresentar pequenas rachaduras. Além disso, as cores passam a desbotar.

A linha do tempo dos danos depende se sua bicicleta está sob luz solar direta ou umidade direta. Na pior das hipóteses, pode levar cerca de um mês para que toda a corrosão seja eliminada.

SUAR MUITO SIGNIFICA QUE VOCÊ TREINOU MELHOR?

Em um lugar como o sul da Califórnia, onde o tempo é quase sempre firme, você pode levar de três a quatro meses para começar a ver partes danificadas em uma bicicleta protegida do sol e da chuva. Isso se você tiver componentes de nível intermediário na bike.

Dito isto, podemos dizer que há como prevenir danos apenas até certo ponto. Ter uma lona sobre sua bicicleta quando ela estiver do lado de fora pode pelo menos protegê-la da chuva e do sol.

“Se eu decidisse utilizar uma lona, não a colocaria diretamente na bicicleta, pois pode ajudar a reter a umidade”, diz Daniel. “Se a lona fosse suspensa acima dela, como um toldo, seria melhor.”

FRANCESA MORRE EM TRILHA NO AMAZONAS APÓS SER PICADA POR ABELHA

Você também pode atrasar a corrosão com uma pequena camada extra de graxa ao redor das vedações. Ela pode atuar como uma segunda barreira para impedir a entrada de água.

“Tente lubrificar preventivamente seus cabos e cabeças de parafusos – mesmo as roscas dos parafusos onde eles interagem com outras peças”, diz Daniel. “Você pode colocar graxa nelas e isso impedirá que elas enferrujem.”

Depois que a ferrugem se instala, ainda dá tempo de ressuscitar suas peças se você agir com rapidez.

“Na maioria das vezes, a ferrugem não é tão ruim, e você geralmente pode cuidar disso colocando um pouco de óleo”, explica Daniel. “Eu não me incomodo em raspar a ferrugem. Se você tem uma bike cruiser de praia com pára-lamas de cromo enferrujado, um truque que você pode fazer é pegar uma folha de alumínio embolada e esfregar nela, e isso ajudará a remover a ferrugem. Use papel alumínio fino, não o material super pesado. ”

Conclusão

Deixar a bicicleta para fora por um dia ou dois não causará grandes danos. Você só vai ver sinais de ferrugem após uma semana de negligência. Depois de um mês deixada em más condições, as amadas peças da bicicleta começarão a se degradar.

O dinheiro que você irá gastar na substituição de peças corroídas poderia ter sido gasto em uma solução de armazenamento fácil, como um rack para espaço pequeno ou um sistema de suspensão vertical.

Se não tiver mesmo onde guardar, faça um “telhado” de lona para abrigar sua magrela e evitar a deterioração.