Uma e-bike para você deixar o carro na garagem

A Vela 1 pode deixar ciclistas experientes um pouco impacientes, mas é uma opção fantástica

e-bike

Vela 1

Não há um só lugar por onde a Vela 1 passe que não chame a atenção. Esta e-bike nacional tem um preço bastante competitivo, visual urbano elegante e detalhes customizáveis lindos, como tipo de guidão, manopla, selim e racks de bagagem – sem falar nas práticas luzes integradas, que se alimentam da própria bateria da e-bike.

Passamos uma semana com ela, e a Vela 1 tornou a tarefa de se locomover pela cidade bem simples e intuitiva (mesmo em subidas íngremes ou dias de cansaço).

O modelo possui uma única marcha e pedal assistido, com um modo de mais ajuda e outro de menos ajuda. Existe uma pequena latência entre começar a girar o pedal e o acionamento da assistência ao qual é preciso se acostumar, mas basta uma leve pedalada para a bicicleta sair rodando. Segundo a marca, o motor possui 350 watts de potência e chega a 25 km/h, com autonomia de bateria de até 40 km.

>> Por que as e-bikes estão pegando fogo

Como a e-bike pesa cerca de 20 kg (varia conforme o tamanho e a configuração de acessórios desejada) e só tem uma marcha, é bastante difícil pedalar sem assistência. É preciso atentar para um detalhe importante: o canote é serrado na altura desejada pelo comprador. Um bom bike fit para evitar o selim alto ou baixo demais é fundamental, porque depois não dá para regular.

A recarga leva cerca de 3 horas e pode ser feita plugando o carregador direto na bike ou removendo a bateria do interior do quadro para recarregar em qualquer lugar. Pela falta de marchas e tempo de resposta menos imediato ao pedal assistido, a Vela 1 pode deixar ciclistas experientes um pouco impacientes, mas definitivamente é uma opção fantástica para quem quer entrar no mundo da mobilidade urbana ativa com um empurrãozinho amigo e com um dos melhores custo-benefício entre as elétricas urbanas por aqui.

R$ 6.390 | 20 kg | velabikes.com.br